Por Polyana Gonzaga Em Igreja

Paróquia de Mogi Guaçu celebra Nossa Senhora da Conceição com novena centenária

Edificada segundo modelo ‘barroco colonial jesuítico’, a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição está situada em Mogi Guaçu, no interior de São Paulo, município cortado pelo rio que originou seu nome.

Arquivo/Paróquia N. Srª da Conceição

Novena é celebra há quase 300 anos.

A Paróquia de Nossa Senhora da Conceição em Mogi Guaçu faz parte da Diocese de São João da Boa Vista e celebra há 273 anos a tradicional Novena da Padroeira. Neste ano, o novenário terá início nesta sexta-feira (29) e seguirá até o dia 8 de dezembro.

A missa de abertura será presidida pelo Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, que já foi bispo de Rio Preto. A novena centenária tem como tema central ‘Maria Imaculada: protetora dos filhos e filhas de Deus’. A cada dia um subtema será refletido pelos bispos e padres convidados.

A segunda Igreja do Brasil dedicada a Imaculada Conceição traz em sua história marcas da religiosidade popular e das expressões da devoção mariana.

De acordo com o padre João Paulo Ferreira Ielo, pároco há 26 anos em Mogi Guaçu, a Novena da Padroeira é um momento de recorrer súplicas a Maria.

“Nós nos voltamos com ainda mais fé para Nossa Senhora da Conceição e pedimos a sua intercessão em favor do povo. É um momento importante, pois a devoção mariana leva as pessoas até Jesus e aponta para o Salvador”, afirmou.

Padre João Paulo Ferreira ainda ressaltou que a expectativa é da participação de mais de mil fiéis por dia na novena, que é realizada com o apoio de uma legião de 200 voluntários.

A programação completa da 273ª Novena em louvor a Nossa Senhora da Imaculada Conceição pode ser encontrada no site da paróquia.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Polyana Gonzaga, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.