Por Redação A12 Em Igreja

Trilha dos Santos Mártires no RS comemora 15 anos

A Trilha dos Santos Mártires realizada em Passo do Padre em Santo Isidoro, São Nicolau (RS), comemora 15 anos de uma caminhada de fé, missão e evangelização. O projeto iniciado em 2001 nasceu com a proposta de divulgar e atualizar a ação missionária dos Santos Mártires das missões jesuítico-guaranis: Roque González, João de Castilho e Afonso Rodrigues, os primeiros evangelizadores nas terras do Sul do Brasil, mortos em 1628.

trilha_santos

A caminhada percorre em oito dias aproximadamente 170 quilômetros. Ao longo desse trajeto os trilheiros conhecem as quatro primeiras reduções fundadas pelos Santos Mártires na primeira fase das missões: São Nicolau, Assunção do Ijuí, Candelária (no Rolador) e Caaró. Ao passar por essas localidades, a Trilha visita escolas e comunidades e realiza trabalhos de conscientização sobre o meio ambiente e a saga dos três mártires. Em todos os municípios visitados, será plantada uma muda de árvore nativa, em homenagem ao trilheiro Ivo José Bieger, que faleceu a serviço da Trilha dos Santos Mártires.

Nesses 15 anos de história, cerca de 20 mil pessoas participaram da peregrinação, direta ou indiretamente. Número que possibilitou um maior esclarecimento sobre a história das missões no sul do Brasil e conscientização sobre o cuidado com o meio ambiente.

Para o padre Eugênio Hartmann, de Alecrim (RS), o projeto desta trilha, para além da proposta turística, significa o “gesto de amor” de tantas pessoas que se colocam a caminho para nutrir a sua espiritualidade.

Foto de: reprodução. 

santos_martires

Os três mártires: Roque, João e Afonso. 

“Esta peregrinação não tinha nenhum interesse maior do que ser um gesto de amor de um grupo de peregrinos que, tirando férias antecipadas, queriam, como o Antigo povo de Israel, colocar-se a caminho e descobrir, por meio de nossos santos mártires, um novo encontro com Deus. Não deixou e não deixa de ser um gesto de sacrifício e de renúncia, caminhar uma semana, celebrar com as comunidades, dar palestras em escolas, dormir em colchões nas escolas e salões comunitários”.

A caminhada é realizada sempre uma semana antes da Romaria do Caaró, outra tradição fundada sobre o desejo de manter viva a memória dos Santos Mártires. No próximo dia 8 de novembro, os trilheiros irão sair de Passo do Padre para se dirigir ao Santuário de Caaró, em Caibaté, para no dia 15 de novembro, encerrar a peregrinação com o tradicional abraço de comemoração por mais um trajeto de fé e missão.

A Romaria do Caaró será realizada pela 82ª vez, em 2015. Esse dia festivo começa com a Via-Sacra às 9h, seguida por missa, almoço e no período da tarde continua com apresentações artísticas e culturais. Ao final, a celebração encerra com a bênção da saúde.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.