Semana Santa
Tempo de fortalecer a fé

Foto: IX Estação da Via Dolorosa em Jerusalém / Shutterstock

Entrada em Jerusalém
Entrada em Jerusalém
Entrar com Cristo em Jerusalém é percorrer com Ele o caminho para a realização plena da sua missão, entendendo que o reino de Deus se realiza na entrega total da vida.

“Ao se aproximar de Jerusalém, enquanto Jesus passava o povo ia estendendo seus mantos pelo caminho. Quando chegou perto da descida do Monte das Oliveiras, a multidão, aos gritos e cheia de alegria, começou a louvar a Deus por todos os milagres que tinham visto, e exclamavam: 'Bendito o Rei que vem em nome do Senhor! Hosana no mais alto dos céus '! .

Shutterstock
Shutterstock
Vista panorâmica da cidade velha de Jerusalém, no Monte das Oliveiras, em Israel.

Lava-Pés
Lava-Pés
O amor cristão se traduz essencialmente na capacidade de servir. Lavar os pés é se fazer servo por amor e tratar a todos como irmãos. 

“Eu vos dou um novo mandamento: amai-vos uns aos outros. Assim como eu vos amei, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros. Nisto conhecerão que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros”. (Jo 13,34-35)
ShutterstockShutterstock
Cenáculo, local onde Jesus realizou a última ceia com seus discípulos

Entrega na Cruz
Entrega na Cruz

A morte de Jesus na cruz é consequência da sua opção radical pelo amor e de sua fidelidade à vontade do Pai.

“Jesus deu um forte grito: `Pai, em tuas mãos entrego o meu espírito´. Dizendo isso, expirou”. (Lc 23, 46)
ShutterstockShutterstock
Altar erguido sobre o lugar da crucificação de Jesus Cristo na Igreja do Santo Sepulcro.

Ressurreição
Ressurreição
Páscoa: A vida venceu! O amor triunfou! O túmulo vazio é certeza de que o Ressuscitado vive entre nós e Nele nossa vida também terminará em Ressurreição. Pois não pode mais haver morte, onde o viver se tornou missão!

Então o anjo falou às mulheres: “Vós não precisais ter medo! Sei que procurais Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui! Ressuscitou, com havia dito” Vinde ver o lugar em que ele estava. Ide depressa contar aos discípulos: `Ele ressuscitou dos mortos`”. (Mt 28,5-7).
ShutterstockShutterstock
Igreja do Santo Sepulcro em Jerusalém.

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação, em Redação A12

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.