Notícias

Minas ganha um novo Santuário de devoção a Santa Rita de Cássia

A mulher esposa, mãe, viúva e freira

Escrito por Lais Silva

20 MAI 2022 - 16H57 (Atualizada em 22 MAI 2022 - 07H06)

Reprodução / Arautos

Quem foi Santa Rita?

Santa Rita de Cássia, a padroeira das causas impossíveis, protetora das viúvas e a santa das rosas, tem uma história comovente.

Rita nasceu em Roccaporena, na Itália. Sua família era muito religiosa e ela pretendia seguir pelo mesmo caminho. Na época, era costume que os pais sonhassem com o casamento das filhas e, seguindo o desejo de seus pais, ela se casou aos 16 anos com Paolo Ferdinando e teve dois filhos.

Seu relacionamento começou bem, mas com o passar dos anos seu marido passou a beber, ser infiel e arrumava confusões com as pessoas. Rita usou sua fé e rezou para que seu marido se tornasse uma pessoa melhor.

Quando seu marido apresentou uma melhora, ele foi assassinado. Seus filhos juraram vingança pelo assassinato do pai. Rita então disse em oração para Deus que preferia ver os filhos mortos do que em pecado. E pouco tempo depois, eles de fato morreram.

Leia MaisConheça o local onde nasceu e viveu Santa Rita de CássiaRita resolveu então entrar para o convento, mas por conta de ser viúva e mãe, não poderia ser aceita, pois só aceitavam jovens solteiras.

Como não pôde ingressar, passou a cuidar de leprosos e enfermos, até que um uma noite, enquanto dormia, ouviu um chamado.

Por sua devoção e espiritualidade, recebeu um estigma na testa que a fez sofrer, pois como cheirava mal, acabava por incomodar as pessoas. Por conta disso, viveu resguardada.

Antes da morte de Rita, em um dia de inverno, uma parente foi visita-la, e antes de ir embora, perguntou à Santa se ela desejava alguma coisa. Ela respondeu que gostaria de uma rosa da sua horta. Quando voltou a Roccaporena, a parente foi à horta, viu uma belíssima rosa, a colheu e levou a ela. Assim, Santa Rita foi denominada a Santa da “Rosa” e dos impossíveis.

Na hora de sua morte, Santa Rita teve a visão de Jesus e da Virgem Maria, que a convidavam ao Paraíso. Uma freira viu a sua alma subir ao céu acompanhada de anjos, os sinos da igreja começaram a tocar sozinhos, enquanto um perfume suavíssimo se espalhou por todo o Mosteiro e, do seu quarto, viram uma luz luminosa como se fosse o Sol.

Santa Rita de Cássia é conhecida como advogada das causas impossíveis devido à sua própria história.

Santuário Santa Rita de Cássia
 Santuário  Santa Rita de Cássia


Devotos de Santa Rita podem visitar o novo Santuário, que fica na cidade de Cássia (MG)

O dia de Santa Rita de Cássia é comemorado no dia 22 de maio, e para marcar a festa da padroeira das causas impossíveis, os devotos ganham um novo Santuário.

Uma grande honra receber esse Santuário. Esperamos que esse lugar seja abençoado, que as pessoas possam vir buscar graças e bênçãos e encontrar harmonia e paz. No Santuário as pessoas poderão, se alimentar da palavra de Deus e dos sacramentos e, de tudo que faz parte da fé cristã e da fé católica”, destaca o bispo diocesano de Guaxupé, Dom José Lanza Neto.Leia MaisConheça o local onde nasceu e viveu Santa Rita de Cássia

O local conta com a réplica da casa de Santa Rita de Cássia, um velário, complexo de lojas além de um estacionamento para 200 ônibus e até mil carros, e tem capacidade para 5 mil pessoas sentadas e 2 mil em pé.

“Foi um longo caminho até chegar aqui. Mas, tudo foi pensado e preparado com muito carinho. Estive em Cássia na Itália, para pegar todas as referências. A casa de Santa Rita, da qual estamos fazendo uma réplica é cheia de detalhes. Ela foi construída na época de 1200, 1300, quando viveu Santa Rita de Cássia”, explicou Paulo Flávio de Melo Carvalho, idealizador do Santuário.

O reitor do novo santuário de Santa Rita de Cássia, o padre Michel Pires, está com grandes expectativas para receber os fiéis:

Com muita alegria recebi a missão de estar à frente do novo Santuário de Santa Rita de Cássia. A expectativa de todos é grande para a inauguração. Cássia está de portas abertas para todos os fiéis e peregrinos. Serão dias de grandes emoções e bênçãos”.

Fonte: CNBB, Santuario de Santa Rita de Cássia

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Lais Silva, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.