Por Redação A12 Em Santo Padre

Francisco institui "Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação"

Para motivar os católicos de todo o mundo a uma "conversão ecológica", o Papa Francisco instituiu na Igreja Católica a celebração do "Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação", a ser realizado todo dia 1º de setembro, a partir deste ano.

A data foi escolhida pelo Papa depois de compartilhar com o Patriarca Ecumênico Bartolomeu as preocupações pelo futuro da criação e, acolhendo a sugestão de seu representante, o Metropolita Ioannisde Pérgamo, de unir-se a uma celebração que já ocorre há tempos na Igreja Ortodoxa. Para o Pontífice, a celebração do Dia, na mesma data, será uma ocasião profícua para testemunhar a crescente comunhão com os irmãos ortodoxos.

terra_nasa_eart_observatory

O pedido foi enviado por Francisco, em carta, ao Cardeal Peter Turkson, presidente do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz e ao Cardeal Kurt Koch, presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos, na qual afirma que, compartilhando com o irmão Patriarca as preocupações sobre o meio ambiente decidiu instituir também na Igreja Católica esta comemoração. 

A partir da Encíclica Laudato Si, o Santo Padre expôs a necessidade de um maior empenho e contribuição dos cristãos para com essa realidade. "Como cristãos, queremos oferecer a nossa contribuição à superação da crise ecológica que a humanidade está vivendo. Por isto devemos, antes de tudo, buscar no nosso rico patrimônio espiritual as motivações que alimentam a paixão pelo cuidado da criação, recordando sempre que para os que creem em Jesus Cristo, Verbo de Deus que se fez homem por nós, 'a espiritualidade não está desligada do próprio corpo nem da natureza ou das realidades deste mundo, mas vive com elas e nelas, em comunhão com tudo o que nos rodeia'", assinalou. 

 

Para Francisco a crise ecológica convoca todos os cristãos a uma "conversão ecológica", que manifeste-se nas relações com o mundo. 

Para Francisco a crise ecológica convoca todos os cristãos a uma "conversão ecológica", que manifeste-se nas relações com o mundo. "Viver a vocação de guardiões da obra de Deus não é algo de opcional nem um aspecto secundário da experiência cristã, mas parte essencial de uma existência virtuosa", frisou.

O Santo Padre destacou em seguida, que o "Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação" oferecerá aos fiéis individualmente e às comunidades, a preciosa oportunidade de renovar a pessoal adesão à própria vocação de custódios da criação, elevando a Deus o agradecimento pela obra maravilhosa que Ele confiou ao nosso cuidado, invocando a sua ajuda para a proteção da criação e a sua misericórdia pelos pecados cometidos contra o mundo em que vivemos.

Papa Francisco encerra a carta invocando a intercessão da Mãe de Deus, Maria Santíssima, e de São Francisco de Assis, recordando seu 'Cântico das Criaturas' para que possa inspirar os homens e mulheres de boa vontade a viver no louvor do Criador e no respeito pela criação. 

Conheça o Cântico das Criaturas, de São Francisco de Assis:

Altíssimo, Onipotente, Bom Senhor. Teus são o Louvor, a Glória, a Honra e toda a Bênção.
Louvado sejas, meu Senhor, com todas as Tuas criaturas, especialmente o senhor irmão Sol, que clareia o dia e que, com a sua luz, nos ilumina. Ele é belo e radiante, com grande esplendor; de Ti, Altíssimo, é a imagem. Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã Lua e pelas estrelas, que no céu formaste, claras, preciosas e belas. Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão vento, pelo ar e pelas nuvens, pelo sereno e por todo o tempo em que dás sustento às Tuas criaturas. Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã água, útil e humilde, preciosa e casta. Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão fogo, com o qual iluminas a noite. Ele é belo e alegre, vigoroso e forte. Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã, a mãe terra, que nos sustenta e governa, produz frutos diversos, flores e ervas. Louvado sejas, meu Senhor, pelos que perdoam pelo Teu amor e suportam as enfermidades e tribulações. Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã, a morte corporal, da qual homem algum pode escapar. Louvai todos e bendizei o meu Senhor! Dai-Lhe graças e servi-O com grande humildade! 

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.