Por Redação A12 Em Santo Padre

Ataque à Síria: os apelos do Papa Francisco

Há tempos, o Papa Francisco vem manifestando sua preocupação com a situação síria.


Os temores por um ataque à Síria se concretizaram na madrugada de sábado (13). Os Estados Unidos realizaram ataques em Damasco e Homs, apoiados pelo Reino Unido e pela França. O anúncio do ataque foi feito pelo presidente Donald Trump, em um comunicado oficial dirigido à nação.

Segundo o Pentágono, uma hora após o anúncio de Trump, foram atingidos três alvos específicos, todos relacionados com o desenvolvimento e estocagem de armas químicas: um centro de pesquisa científica localizado em Damasco, um depósito de armas químicas e um posto de comando, que também servia como depósito, ambos localizados em Homs. Os danos causados ainda não foram calculados.

Papa Francisco

Há tempos, o Papa Francisco vem manifestando sua preocupação com a situação síria, pedindo que os líderes políticos e militares escolham outro caminho, o da negociação, “o único que pode levar a uma paz que não seja a da morte e da destruição”.

O último apelo foi feito justamente uma semana atrás, no domingo, após a oração do Regina Caeli. De modo especial, o Pontífice afirmou que nada pode justificar o uso de armas de extermínio contra pessoas e populações indefesas.

:: Outras notícias do Papa Francisco

Sobre o ataque desta madrugada, o Vatican News contatou Ir. Laudis, da comunidade do Verbo Encarnado, que reside em Aleppo. A missionária brasileira relata como ficou sabendo do ataque e afirma: “a verdade é que não queríamos acreditar que algo fosse acontecer”.

Fonte: vaticannews.va

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.