A12

Missão Interprovincial dos Redentoristas do Brasil

Enviar por e-mail

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

-

Preencha todos os campos adequadamente.

Enviando...

Ocorreu um erro no envio:

Uma experiência de comunhão e fraternidade 

Primeira Experiência

Em 2011, depois de muito tempo sem se realizar uma experiência deste tipo, aconteceu novamente na cidade de Itabuna (BA) uma iniciativa de missão com a participação de todas as Províncias e Vice-Províncias redentoristas do Brasil. À época, Itabuna tinha uma população que se aproximava dos 200 mil habitantes (dados do IBGE 2010), distribuídos em 11 paróquias. Para que a Missão Interprovincial fosse bem-sucedida formou-se uma Equipe de Coordenação para agilizar os preparativos; depois de mais de um ano de preparação, todas as paróquias foram evangelizadas por uma equipe de missionários vindos de todo o Brasil.

A celebração final da 3ª fase desta grande missão, marcando a renovação do compromisso missionário dos evangelizadores leigos das paróquias e comunidades, foi apoteótico e marcante.

Missão Interprovincial 

Passo Fundo se agita

Na missão em Passo Fundo (RS), segunda experiência deste tipo, procurou-se aprender com os erros e acertos de Itabuna, mas a proposta de animação do trabalho missionário na congregação continuou. O grande desafio era o de evangelizar uma grande cidade com os seus 180 mil habitantes, diante dos desafios enormes da sociedade Pós-Moderna, em fase de contínua transformação.

Para facilitar o encaminhamento dos trabalhos o Pe. Toninho Dezidério, da Província de São Paulo, ficou liberado exclusivamente para encaminhar os trabalhos desta missão.

Depois de um ano e meio de organização e preparação, quando todas as paróquias foram visitadas e motivadas, sendo realizadas dezenas de Escolas Missionárias para a formação das lideranças leigas, a Arquidiocese de Passo Fundo (RS) recebeu de 3 a 30 de maio de 2013, a 3º fase das Santas Missões que contou com a presença de cerca de 90 Missionários Redentoristas vindos de diversos estados brasileiros ao longo de todo o período. A missão atendeu 129 comunidades rurais e urbanas das 15 paróquias da sede da arquidiocese.

Escola Missionária formada na Missão Interprovincial

Junto com os Missionários Redentoristas outras congregações religiosas missionárias se encarregaram de evangelizar as demais paróquias da arquidiocese.

A Missão Interprovincial de Passo Fundo foi uma grande experiência de comunhão, de fraternidade e de partilha de experiências diante das diversas metodologias de evangelização, explicou à época o coordenador da missão, Pe. Toninho Dezidério:

"Uma vez que as Santas Missões atingem toda a diocese, nós temos o envolvimento de todas as (Vice) províncias Redentoristas do Brasil e de outras congregações religiosas. O trabalho está organizado assim: os redentoristas evangelizam as paróquias da cidade de Passo Fundo e as demais congregações evangelizam as paróquias do interior. Cada congregação religiosa tem uma sistemática diferente de missão, ainda que todas estejam englobadas no que chamamos de Santas Missões Populares. Para nós enquanto missionários este é um momento de grande aprendizado". 

No dia 30 de maio de 2013, Festa de Corpus Christi, houve uma grande celebração de encerramento da 3ª fase e de abertura do Tempo da Perseverança. A Igreja arquidiocesana de Passo Fundo aproveitou desta grande concentração humana para lançar o seu 16º Plano de Pastoral que será vivenciado pelos próximos 04 anos.

Na manhã fria do dia 30 de maio, procissões saíram das paróquias de São Vicente, Catedral, São Cristóvão, São José (Bairro) e São José Operário conduzindo o povo destas e das demais paróquias até a Praça da Paróquia Santa Terezinha onde houve a grande celebração da Perseverança com um público estimado de mais de 30 mil pessoas. (Fotos) 

Próxima estação

A Missão Interprovincial faz parte de um “processo de reorganização e revitalização da Congregação Redentorista, que vive um processo de renovação organizacional e pessoal buscando crescer no reencantamento para com a proposta de Cristo tão bem visualizada em santo Afonso”.

Por isso, que venha esse tempo forte de evangelização para as cidades de Abadia, Campestre, Trindade I, Trindade II e Santa Bárbara. 


Comentários (0)



Carregando Comentários
0 caracteres