Por Academia Marial Em Notícias

Exposição virtual: "Neste vale de lágrimas"

Foto de: Nome do fotógrafo

exposicoes_virtuais_fatima

Exposição Evocativa da
Aparição de Agosto de 1917

Na jornada de abertura do 5.º ano da celebração do Centenário das Aparições de Fátima, acontece no Convivium de Santo Agostinho/Basílica da Santíssima Trindade, no Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, Portugal, a exposição temporária "Neste vale de lágrimas", evocativa da aparição de agosto de 1917.

A exposição pode ser visitada também virtualmente, a partir da página nestevaledelagrimas.fatima.pt e está disponível em 7 idiomas. Propõe uma reflexão sobre o contexto político e ideológico que marcava o país e o mundo na segunda década do século XX a partir das palavras da Salve-Rainha, através de documentos, fotografias e outros materiais relacionados com a vida dos pastorinhos naquele mês de agosto, mas também por uma série de objetos, esculturas, oferendas e imagens relativas a I Guerra Mundial e às Guerras Coloniais.

“E depois do desterro…” é o título da primeira parte desta exposição. Aqui o peregrino é conduzido desde a Cova da Iria até Aljustrel, ao lugar dos Valinhos, espaço onde, segundo os videntes, ocorreu a aparição de agosto. Neste percurso são apresentadas duas versões da mesma viagem, referentes a agosto de 1917: uma contada pelo olhar de um crente e outra pelo olhar dos jornais anticlericais que parodiavam Fátima. O visitante terá a possibilidade de contactar com objetos que, nestes dias de agosto, Francisco, Jacinta e Lúcia tocaram.

A segunda parte da exposição, intitulada “Gemendo e chorando”, faz memória dos grandes conflitos bélicos do século XX (a Primeira e Segunda Guerras Mundiais e a Guerra Colonial). São apresentadas peças de destaque, tais como “O Cristo das Trincheiras”, uma farda militar da Segunda Guerra Mundial e a escultura “Jaz morto e arrefece o menino de sua mãe”, de Clara Menéres, uma das mais expressivas contestações estéticas à guerra do Ultramar.

Na terceira e última parte da exposição, “Rogai por nós, Santa Mãe de Deus”, é apresentado o caminho que, segundo o testemunho dos videntes, a Virgem Maria indicou para alcançar a paz: a oração do rosário. Aqui encontram-se expostos alguns terços do acervo do Museu do Santuário de Fátima, dos quais se destaca o terço oferecido a Nossa Senhora de Fátima pelo papa Francisco, em outubro de 2013, e o terço oferecido pelos pescadores de Caxinas, após o naufrágio de 2011.

Confira a visita aqui: [nestevaledelagrimas.fatima.pt]

Veja outras exposições disponíveis no site do Santuário de Fátima.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Academia Marial, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.