Por Carmen Novoa Silva Em Palavra do Associado Atualizada em 03 OUT 2017 - 08H42

Tesouro da Imaculada

Foto de: Nome do fotógrafo

santa_de_madeira_do_seculo_17_exposta_no_museu_da_catedral_de_manaus

Santa de madeira do Século 17 exposta no museu
da  Catedral de Manaus

 

É sabido na história dos povos que todo nascer de uma cidade sempre ocorreu à margem de algum importante rio. É sabido também que em cada um desses povoados, já na civilização cristã, erguia-se uma capela, anos depois uma igreja de maior porte e com o desenvolvimento econômico do local e esforços dos habitantes erigiam-se as catedrais. Numa pequena exemplificação cito: Na França (Paris) à margem do Rio Sena fica a catedral de Notre Dame. Em Madrid (Espanha) a catedral de Almudena ladeia o Rio Manzanares. Em São Paulo a Catedral da Sé vigia o rio Tietê. Em Manaus a Catedral de Nossa Senhora da Conceição há 317 anos construída numa colina, olha diretamente para o portentoso Rio Negro. A Igreja-Matriz ou igreja-mater (mãe) constitui-se no primeiro monumento histórico de Manaus. A lei que proclamou a Catedral como patrimônio histórico foi a lei 878 datada de 30/12/1950. Na lei mencionada é declarado que a igreja sob o orago de Nossa Senhora Conceição, fica “sob o amparo do Estado no que tange à sua conservação”. No ano de 2002, já no 3º milênio deu-se a última restauração do templo levada a cabo pelos órgãos competentes do Estado. Em seu interior encontrou-se peças de real valor como os 3 púlpitos, 3 pórticos, a pia do batistério, os altares laterais oriundos de Lisboa em pedra liós. A imagem de mais de dois metros da Virgem da Conceição de origem espanhola (Barcelona) do século XIII. Chamam a atenção os quadros representado a Via Sacra contendo nas imagens em alto relevo com filamentos de ouro e os sinos franceses do século dezoito. No entanto seus maiores tesouros encontram-se no “Museu Sacro” para apreciação dos fiéis e forâneos.

1º Tesouro – a pequena imagem de N. S. da Conceição, trazida pelos carmelitas em 1659 e fundadores da primeira igrejinha. Segundo a tradição salva intacta do incêndio de modo miraculoso. É relíquia de grande valia segundo museólogos e os comerciantes de antiquários. Na opinião de especialistas sua redoma devia ser blindada, posto que do século XVII.

2º Tesouro – é a cadeira papal confeccionada especialmente para o papa João Paulo II em sua visita a Manaus em 1980. Na catedral celebrou missa solene. A originalidade da peça está em ser de madeira regional maciça, de peças integrais de autoria do artista plástico de renome nacional, Jair Jacmont. Curiosidade e fé: a devoção popular fez com que o manauense consagrasse essa cadeira como reduto de bendições. Diz-se que ao sentar-se cada um tem o direito de um pedido ao hoje Beato João Paulo. E a graça é obtida.

3º Tesouro – Está no próprio nome, CATEDRAL. Ela envolve tudo em aura sacra e concede aos fiéis penetrar no sentido do sagrado. Permita-se lembrar da etimologia do vocábulo Catedral derivado do grego “Káthedra” a ser traduzido como “cadeira” do bispo. Na explicitação de Pe. Nonato Pinheiro filólogo e acadêmico no livro “Dom João da Mata” a igreja-catedral é referencial teológico usando de símbolo, é Igreja na sua totalidade. O Papa João Paulo II na consagração da Catedral de Almudena (Madrid) asseverou: “Na cátedra do bispo, descobrimos o Cristo-Mestre que graças à sucessão apostólica, nos ensina através dos tempos (...) é a expressão da Igreja local viva e peregrina...” Em resumo: Catedral é palavra de um significado desconhecido para muitos não afeitos a interpretações profundas e exatas. A igreja tem como catedrático o arcebispo e está sob sua jurisdição. Ele é o próprio pároco. Devido a inúmeras atribuições a ele conferidas designa um padre diocesano para exercer as funções paroquiais. A Catedral da Sé de São Paulo é a Cadeira-Sede (Sé) do episcopado local. A nossa igreja-matriz tem como maior tesouro ser epicentro de todas as outras igrejas de Manaus. Para ela todas convergem. E com o olhar posto no Rio Negro – caminho secular das regiões amazônicas – a todos acolhe sob toque de um Ângelus Centenários.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Carmen Novoa Silva, em Palavra do Associado

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.