namoro, intimidade, castidade, sexualidade, casamento, relacionamento (Versta/ Shutterstock)
Comportamento

Amor, sexo e matrimônio: por que esperar?

Cankin Ma 2020 (arquivo pessoal)

Escrito por Cankin Ma Lam

06 JAN 2021 - 10H00 (Atualizada em 15 JAN 2021 - 10H13)

Na pastoral juvenil encontrei, mais de uma vez, jovens perguntando algo mais ou menos assim: por que o sexo antes do casamento é pecado?

Comecemos por duas imagens.

Eu gosto muito de jogos de tabuleiro. Já aconteceu comigo, sobretudo em jogos novos para mim, que, no começo, jogo sem realmente estar ciente de tudo o que posso fazer. Acabo não aproveitando bem meus turnos, e fico sabendo das propriedades e combinações de que dispunha só depois de tê-las desperdiçado (e muitas das vezes acabo perdendo).

Leia Mais12 conselhos bíblicos para seu namoroUm amigo, que é religioso, partilhou comigo uma fala do seu mestre de noviços. No início do seu caminho vocacional, ensinou-lhes: "a humildade está feita de muitas coisas, uma delas é saber esperar". Seja para uma vocação ou para outra, é necessário nos perguntarmos a respeito da meta que nos motiva, da razão pela qual fazemos o que fazemos.

Para falar do ato conjugal (o sexo), citemos a São Paulo VI, que na Humanae Vitae (nº 12) lembra da "conexão inseparável que Deus quis, e que o homem não pode alterar por sua iniciativa, entre os dois significados do ato conjugal: o significado unitivo e o significado procriador". Tal aproximação ajuda a enfocar de forma correta as perguntas até aqui propostas. O ato sexual é querido por Deus para sua criatura, e carrega um significado que vai além do prazer, da curiosidade, ou de qualquer outra motivação.

Evgeny Bakharev/ Shutterstock
Evgeny Bakharev/ Shutterstock


Hoje em dia, existe como uma pressão para adiantar o momento do ato sexual. Vários amigos meus que optam pela castidade, enfrentam uma cultura que parece pressioná-los a experimentarem logo a união, carinho e prazer do ato conjugal. Falei com um casal de noivos com o qual tenho muita amizade. Partilharam comigo algumas das razões que dão sentido a esse saber esperar: Dar-lhe seu lugar. Nem no centro, nem desprezado na margem.

Leia Mais6 dicas pra viver a castidadeTomando o extremo de colocá-lo no centro, consideremos os casais para os quais o ato sexual ajuda a que o relacionamento possa fluir, digamos.

Um dos problemas é que não aprendem a construir os canais necessários para que o relacionamento dure no tempo: ser cientes dos significados do ato sexual (unitivo e procriador, como explicado acima). Superando um olhar superficial ou funcional.

Considerar que o sexo não implica apenas na dimensão física, afeta à pessoa como um todo. Gera um vínculo real e profundo. Não à toa é chamado ato conjugal (remetendo à figura do jugo que une aos animais usados na agricultura).

Trata-se de uma realidade sagrada*. Por isso está protegido por uma estrutura tão sólida e antiga como a do matrimônio e a família. Por isso, Cristo elevou essa realidade a sacramento.

Considerando todo o exposto (e muitas outras coisas partilhadas pelo casal amigo) responderia:

Esperando, ama-se melhor. Esperando, encontra-se a paz de um contexto estável-duradouro. Esperando, ajuda-se o discernimento. Esperando, amadurece o relacionamento, encontram-se novos caminhos, aprofunda-se no conhecimento mútuo, colocam-se bases sólidas.

* O teólogo americano Scott Hahn, ao abordar o matrimônio na sua dimensão de aliança, evidencia como o ato sexual não apenas não é mau, mas é uma realidade sagrada.

Escrito por
Cankin Ma 2020 (arquivo pessoal)
Cankin Ma Lam

Nascido no Equador, filho de pai chinês é apóstolo de plena disponibilidade no Sodalício de Vida Cristã. Atualmente faz caminho ao sacerdócio e estuda teologia na Universidade Católica de Petrópolis.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.