Por Dra. Patrícia Palandi Em Comportamento

O corpo perfeito e as dietas da moda

O verão está chegando e com ele se inicia a busca de um “corpo ideal”. Os meios de comunicação preconizam como deve ser um corpo perfeito e as pessoas se desesperam em busca desse modelo imposto pela mídia. No desespero de atingir esse padrão, muitas pessoas optam por fazer as famosas “dietas da moda”.

dietas_da_moda

Essas dietas são inadequadas para qualquer pessoa, podendo causar sérios problemas à saúde. Elas prometem resultados rápidos, porém fazem restrições absurdas de alguns alimentos, na maioria das vezes, o carboidrato que é nossa fonte primária de energia.

Elas não visam a individualidade nutricional, são iguais para todas as pessoas, então quer dizer que um homem, uma mulher, um adolescente e uma gestante têm a mesma necessidade nutricional?

Há ainda outros problemas que as dietas da moda podem causar:

Carências nutricionais; Ingestão de nutrientes é reduzida; Pele, cabelos e unhas irão mostrar os primeiros sinais de desnutrição; Problemas metabólicos; Diminuição da velocidade de funcionamento do organismo devido à baixa ingestão de alimentos; Efeito sanfona; Aparecimento de estrias; Excesso de proteínas pode sobrecarregar a função renal.

A perda de peso acontece rapidamente devido a severa restrição alimentar e, quando a dieta acaba, recupera-se o peso novamente e, na maioria das vezes, se ganha em dobro. Afinal, ninguém consegue fazer dietas severas por muito tempo. Outros problemas relacionados: anemia, osteoporose, queda de cabelo.

 

Perder peso não implica passar fome, mas sim comer de tudo de uma forma controlada.

A obrigação do nutricionista é criar condições para que o corpo humano obtenha todos os minerais, proteínas, vitaminas e elementos necessários. Por isso, é preciso se fazer a conscientização de que o emagrecimento acontece com mudanças de hábitos alimentares e de comportamento e que somente com uma avaliação nutricional completa e um acompanhamento por um profissional especializado, o processo de emagrecer e, principalmente, manter-se magro será saudável e terá sucesso para uma vida toda.

Perder peso não implica passar fome, mas sim comer de tudo de uma forma controlada, espaçada, mastigar bem os alimentos e comer devagar. Por esses e outros motivos, não queira ficar em forma para o verão ou porque a mídia preconizou um padrão a ser seguido, mas queira estar dentro do seu peso saudável para ter uma vida longa e com saúde! Os pilares da boa nutrição são: equilíbrio, variedade e moderação.

Dica: não abra mão das suas vontades, mas abra mão das quantidades!

patricia palandi assinatura

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Dra. Patrícia Palandi, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.