Por Jovens de Maria Em Comportamento Atualizada em 18 JAN 2018 - 12H50

O que é a benignidade e como praticá-la?

Em 2016, a gente quer te ajudar a colocar em prática as virtudes cristãs – que foi um pedido do Papa Francisco pra este ano da Misericórdia. Pra isso, todo mês na Revista de Aparecida, o Pe. Evaldo reflete sobre uma virtude. Ao mesmo tempo, no nosso canal, vamos te dar dicas de como colocar em prática.

E nesse mês, estamos falando sobre a benignidade. Você sabe o que é? Qual a diferença entre ela e a bondade? Bem, ser benigno, não é apenas querer ser bondoso, mas é colocar em prática, realizar a bondade. É praticar constantemente o amor unido à misericórdia.

Então, seguem algumas dicas de como praticar a BENIGNIDADE:

benignidade

1- Não reclame, mesmo quando as coisas derem errado

Às vezes, a gente tem boas intenções e as situações acabam não dando tão certo, quanto esperávamos. Tudo bem, a nossa vida é passível de erros, mesmo. Aceite, reveja, avalie, aprenda com esses momentos e siga em frente!

- Além de não fazer o mal, pratique o bem

Se você pensa que só de não fazer mal às pessoas, você já está fazendo muito bem ao mundo, você está errado. O benigno é aquele que, cheio de bondade, se manifesta por meio de ações. E não só não faz do mundo um lugar pior, ao contrário, ele faz do mundo ao seu redor, um lugar melhor, mais cheio de amor e misericórdia.

- Procure ver a necessidade do outro, antes mesmo que ele o peça

Você sempre ajuda as pessoas quando elas te pedem algo? Se sim, muito bem! Se não, precisa, sim começar a fazê-lo. No entanto, quantos estão a nossa volta que talvez por vergonha, timidez, ou por qualquer outro motivo, não pede ajuda. Você está atento a essa realidade? A pessoa que ter a virtude da benignidade se antecipa à necessidade do próximo. Preste mais atenção!

- Não desista das pessoas, mesmo as mais difíceis

Pode ser que tenha alguém que conviva com você que seja muito difícil de se lidar. Pois, continue a praticar o bem com ela, seja amável, insista na amizade. Pense que talvez você também seja “a pessoa difícil” para outros. E você não gostaria que alguém desistisse você, não é? Sempre podemos ser melhores!

- Seja misericordioso e não vingativo

Papa Francisco nos ensina que a misericórdia vai além da justiça. Ou seja, pode até ser que a outra pessoa tenha feito algo de errado e “mereça” pagar pelo seu erro. Mas, o benigno não se deixa vencer pelo desejo de justiça, ao contrário, ele acredita e sabe que plantando o bem, um dia será possível também colher o bem.

Se você recebe a Revista de Aparecida em casa, confira o artigo do Pe. Evaldo que explica mais sobre a virtude da Benignidade.

Leia também: 4 dicas para cultivar a Alegria

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.