Por Everton Lucas Em Comportamento Atualizada em 26 SET 2017 - 15H20

Setembro Amarelo: qual o papel do cristão?

Estamos vendo pelas redes sociais várias campanhas referentes ao “Setembro amarelo”. Muitas pessoas ainda não sabem o que isto está significando, apesar de ser algo muito importante para todos nós. Tendo em vista o crescente número de suicídios em nosso país, comunidades terapêuticas resolveram entrar na onda dos meses coloridos para dedicar o setembro à cor amarela e à prevenção de mais casos em que pessoas perdem o sentido de suas vidas e acabam por se matarem.

:: DoLadoDeCá: Depressão e Suicídio ::

setembro_amarelo

Este é o tipo de notícia que não se encontra nos meios de comunicação jornalísticos, e isto se deve por uma questão ética acerca do assunto. Pessoas se suicidando não entram em páginas de jornais e nem mesmo em programas de TV. Mas sabemos bem que esta é uma realidade extremamente latente em nossa sociedade, tendo em vista que o Brasil está no ranking dos dez países do mundo com mais casos de suicídio.

O setembro amarelo vem para reforçar cada vez mais a valorização da vida! A depressão, o mal do século, vem atingindo muitas pessoas, por diversas causas sociais e isto pode gerar sérios problemas para o indivíduo. É preciso que haja uma forte corrente, um mutirão de apoio a pessoas que se encontram neste estado psicológico e espiritual.

Depressão é doença espiritual?
Sim, a depressão é também uma doença espiritual, apesar de muitas pessoas quererem ignorar este fato. Temos, como cristãos, uma grande missão dentro desta realidade. Nós, que compreendemos a vida como dom de Deus, que só o próprio Criador pode conceder e tirar de nós esta dádiva, precisamos lutar contra esta cultura de morte que se implanta hoje em nosso meio, para que cada pessoa consiga enxergar o sentido de sua vida e não a desperdice.

 

A fé faz exatamente esta função de iluminar aquilo que está obscurecido ao nosso redor.

O psiquiatra austríaco Viktor Frankl escreveu obras acerca do sentido da vida e ele frisa muito bem que nunca perdemos o sentido, nós apenas, por vezes, não o enxergamos. Talvez precisemos, em nossa missão com os irmãos, levar a luz da fé para aquelas pessoas que não estão conseguindo enxergar bem a sua frente o sentido de suas vidas. A fé faz exatamente esta função de iluminar aquilo que está obscurecido ao nosso redor. Muitos, por falta de fé, acabam por deixar a escuridão da depressão tomar conta do seu ser.

Vamos nos comprometer com esta luz amarela que se acende neste mês e que deverá perdurar todos os dias. Não se esqueça de sempre observar ao seu redor os irmãos que convivem com você, às vezes, eles podem precisar de ajuda. Ofereça abraços, ombros, ouvidos e coração! Seja um propagador da vida! Faça com que as pessoas optem pela vida, assim como Deus quer que façamos. Que esta realidade obscurecida pela tristeza seja mudada pela luz da fé, do amor e da alegria.


Escrito por
Everton Lucas (Fotos Everton Lucas)
Everton Lucas

Apresentador e estudante de comunicação.

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Everton Lucas, em Comportamento

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.