Por Priscila Ferreira Em Crescendo na Fé Atualizada em 23 SET 2020 - 14H04

3 vezes em que São João Paulo II agiu conforme a Palavra de Deus

CDM - Santuário Nacional
CDM - Santuário Nacional

Especialmente no mês da Bíblia, é importante testemunhar os efeitos das Sagradas Escrituras na nossa vida. A Bíblia tira todas as nossas dúvidas, nos orienta, com ela nunca ficamos muito tempo perdidos. Você pode até não me dizer, mas eu sei que você já se sentiu sozinho(a), perdido(a). Não é verdade?

Mas, com ela é diferente. A Bíblia é a manifestação gloriosa da presença de Deus. Nela encontramos nosso rumo, nosso caminho. É real que ela nos transforma todinhos(as). A prova são as pessoas que foram transformadas por ela, como São João Paulo II.

Por isso, vou te contar 3 vezes em que ele agiu conforme a Palavra de Deus.

1- Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido (Mt 6, 9-12) 




São João Paulo II
realizou um ato histórico em 12 de março de 2000. O Papa, em nome de toda a Igreja, pediu perdão pelos pecados cometidos pelos seus filhos(a) no anúncio do Evangelho em tempos passados.

2-  Ora, eu vos digo: Amai os vossos inimigos e orai por aqueles que vos perseguem (Mt 5, 44)

Shutterstock
Shutterstock

Dois tiros atingiam o Papa João Paulo II no dia de Nossa Senhora de Fátima, 13 de maio de 1983, na praça São Pedro

Ali Ağca era terrorista e havia tentado matar o papa. O turco foi responsável pela tentativa de assassinato que deixou o papa gravemente ferido, a ponto de João Paulo II ter que passar por uma cirurgia delicada, de seis horas de duração.

Cinco dias depois, na hora do Angelus, JPII dizia essas palavras: "Peço pelo irmão que me feriu, a quem perdoei sinceramente”.

Além de se recuperar, depois de estar à beira da morte e de pronunciar essas palavras ao atirador, do hospital mesmo em que estava, o papa foi pessoalmente ao presídio em Roma perdoar o seu agressor.

Leia Mais10 frases de São João Paulo para você ter paz!

3- Por isso, desde agora me proclamarão bem-aventurada todas as gerações (Lc 1,48)

Thiago Leon
Thiago Leon


São João Paulo II tinha uma profunda espiritualidade mariana. Afirmou, que o milagre de ter sido salvo no atentado foi graças à intercessão de Nossa Senhora de Fátima. O lema do seu pontificado era Totus Tuus, Mariae (Sou todo teu, Maria).

“A devoção a Maria é fonte de vida cristã profunda, é fonte de compromisso com Deus e com os irmãos. Permanecei na escola de Maria, escuta a sua voz, segui os seus exemplos. Como ouvimos no Evangelho, ela nos orienta para Jesus: ‘Fazei o que ele vos disser’ (Jo 2,5). E, como outrora em Caná da Galileia, encaminha ao Filho as dificuldades dos homens, obtendo d’Ele as graças desejadas”.

#Para todos lerem: Curtiu esse post? Compartilhe com os amigos!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Priscila Ferreira, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.