Por Jovens de Maria Em Crescendo na Fé Atualizada em 18 DEZ 2018 - 10H48

Como a fé pode te ajudar a conhecer Jesus

Ao falar sobre a fé, percebemos que existem muitas experiências que podem ser iluminadoras. Por isso, eu gostaria de exemplificar o assunto, falando sobre o crer, o acreditar.

Muitas vezes, lemos uma notícia impactante e, imediatamente, compartilhamos nas nossas redes sociais. E, olha só, logo depois alguém comenta que isso era uma fake news, uma notícia falsa. Hoje buscamos nossas informações com os instragrammers. Acreditamos em qualquer um e dizemos crer em Deus também. Será que é a mesma coisa? Afinal de contas, podemos dizer que nossa fé é assim? Acreditamos em algo ou alguém que pode errar?

shutterstock
shutterstock

:: Curta de Natal fala sobre a virtude da Fé. Assista!

Vejamos o que diz o Catecismo:

“A fé é a virtude teologal pela qual cremos em Deus e em tudo o que Ele nos disse e revelou e que a santa Igreja nos propõe para acreditarmos, porque Ele é a própria verdade” Catecismo da Igreja Católica, 1814

O ato de fé é um assentimento intelectual, firme, mas livre, prestado às verdades reveladas por causa da autoridade de Deus, que as revelou. É um ato da inteligência sob o comando da vontade. Então, primeiro Deus revela e depois nós acolhemos e acreditamos.

Mas muitas vezes separamos estas noções: o 'crer em Deus' e o 'crer na verdade por Ele revelada' ficam meio separados. Será que eu posso acreditar em Deus como se eu estivesse escolhendo produtos no supermercado? Ou seja, escolho acreditar nesta ou naquela propaganda, mas se há alguma informação de que eu não gosto, ou alguma explicação de uso que eu acho difícil, então posso simplesmente descartar? Claro que não!

Você não escolheu uma doutrina, você aceitou uma Pessoa. na verdade Três Pessoas. É a verdade que Deus Trino deu a conhecer e que foi guardada pela Igreja Católica, aquela que foi fundada por Cristo e que vai sendo aplicada às novas situações históricas pela hierarquia desta mesma Igreja, até hoje.

Um famoso autor católico chamado Romano Guardini, em um de seu livros, perguntava-se:

“Será que podemos falar da fé sem falar do seu conteúdo”? E ele diz isto porque pensa ao contrário daquela famosa frase, “o importante é acreditar em algo”: ele diz que “nossa fé é única e exclusiva. A Fé não é acreditar em tudo, mas a resposta do homem a Deus que veio até nós em Cristo. Ou seja, a fé é inseparável de seu conteúdo. A Fé é o seu conteúdo. É um movimento vivo em direção Àquele em que cremos. É a resposta viva ao chamado. Aonde conduz, a fé cristã? Ao Deus vivo que Se revela em Cristo.” GUARDINI, Romano; A Vida de Fé,a Fé e seu Conteúdo, Editora Aster, Lisboa/ Casa do Castelo Coimbra, Coleção Éfeso, pág. 37

Simplificando: a Fé Católica consiste em dizer que Jesus Cristo é verdadeiramente Deus e homem, o Verbo de Deus encarnado, a Segunda pessoa da Trindade, com o Pai e o Espírito Santo. Além do mais, Jesus continua vivo na história, pois ressuscitou, permanece num corpo concreto chamado Igreja Católica, através de seu Magistério e seus ensinamentos, sacramentos, etc. Por isso, os primeiros cristãos desenvolveram os chamados “símbolos da fé”. Eram textos/orações explicativas, uma maneira de juntar o conteúdo em uma expressão comum a todos.

Veja abaixo um exemplo:

Crer em Deus e na verdade por Ele revelada: Credo Niceno-Constantinopolitano

Creio em um só Deus, Pai Todo-Poderoso,
criador do céu e da terra,
de todas as coisas visíveis e invisíveis.
Creio em um só Senhor, Jesus Cristo,
Filho Unigênito de Deus,
nascido do Pai antes de todos os séculos:
Deus de Deus, luz da luz,
Deus verdadeiro de Deus verdadeiro,
gerado, não criado, consubstancial ao Pai.
Por ele todas as coisas foram feitas.
E por nós, homens, e para nossa salvação,
desceu dos céus: e Se encarnou pelo Espírito Santo,
no seio da Virgem Maria, e Se fez homem.
Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos;
padeceu e foi sepultado.
Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras,
e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai.
E de novo há de vir, em sua glória,
para julgar os vivos e os mortos;
e o seu reino não terá fim.
Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida,
e procede do Pai e do Filho;
e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado:
Ele que falou pelos profetas.
Creio na Igreja, una, santa, católica e apostólica.
Professo um só batismo para a remissão dos pecados.
E espero a ressurreição dos mortos
e a vida do mundo que há de vir.

Fábio Santos Araújo
Sodalício de Vida Cristã


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.