Por Fernanda Vantil Em Crescendo na Fé

Como comecei a ler a Bíblia

No mês de setembro, somos convidados a direcionar nosso olhar para o livro sagrado: a Bíblia. Para muitos de nós, parece difícil e nada prazeroso pegar a Bíblia para ler, não é? Confesso que há uns 3 anos, eu também não sentia vontade alguma de fazer isso (refiro-me a uma leitura onde eu procurasse entender o que ali estava escrito, fazendo-a continuamente).

lendo_a_biblia

Mas o tempo passou e, com ele, veio a maturidade, um maior engajamento no serviço da Messe do Senhor e dúvidas constantes sobre a Fé que professo apareceram (algo normal na nossa idade). E procurando saná-las, juntamente com uma necessidade enorme de estar mais próxima de Deus e conhecê-Lo mais profundamente, comecei a ler as Sagradas Escrituras.

Primeiro, li os Evangelhos, depois os Atos dos Apóstolos, Salmos... E continuei. No princípio, há exatos três anos, eu lia apenas uns 10 versículos antes de dormir, mas isso era apenas três vezes por semana. Com o passar dos meses, já estava lendo dois capítulos por noite, todos os dias, e ainda queria mais, mas o sono não me deixava continuar.

De alguns meses para cá, diminuí o ritmo, pois a vida tem exigido muito de mim nesta fase de transição para a idade adulta (risos). Leio apenas um capítulo (ou um pouco menos), e não é todo dia. Isso tem acontecido pelo fato de os estudos estarem ocupando grande parte do meu tempo (e meu celular também, porém quero deixar claro que me arrependo disso), mas, também, porque procuro agradar um pouco meu corpo e minha mente, deixando-os mais “livres”.

Enfim, o que eu quero através dessas palavras não é deixá-los a par da minha vida, mas, sim, que vocês possam se identificar com esta realidade que vivo (juventude, ou quase isso), e ver como é possível ler a Bíblia, sentir o prazer nesse ato, e fazê-lo no seu tempo (sim, o seu), segundo sua vontade. A leitura prazerosa dos Livros Sagrados vem com o tempo, mas precisamos começar! Precisamos nos habituar! Precisamos estar com a mente livre, em paz, para refletir enquanto lemos.

A linguagem é um pouco difícil? É! Existem algumas coisas que não se encaixam umas com as outras (quando lemos apenas uma vez)? Sim! Diversas Passagens e Parábolas serão de difícil compreensão? Sim! Mas é aí que !

 

Depois que comecei a leitura (contínua) das Sagradas Escrituras, já não sou mais a mesma.

Cheguei agora aonde eu mais queria (à parte mais importante do meu texto, por isso prestemos bastante atenção!): não basta ler, é preciso ir mais a fundo! Precisamos marcar o texto que não compreendemos e tirar as dúvidas com o padre; ler o rodapé da Bíblia; ler o que está escrito no início de cada livro, pois ali é dado o contexto histórico do que virá adiante; ter consciência de que a Bíblia não é uma continuidade de histórias (não é igual a um livro onde há início, meio e fim), mas sim uma junção de escritos de séculos diferentes, e é por isso que se começarmos a ler o Gênesis seguindo até o Apocalipse, não entenderemos nada (isso se conseguirmos chegar até lá sem perder o ânimo); prestar atenção na Homilia durante a missa; participar de formações bíblicas; e “seeeempre” pesquisar sobre as Escrituras, sobre a vida dos apóstolos e sobre o significado dos termos usados na Bíblia (pois ela foi escrita há séculos, e é claro que vai portar palavras que não conhecemos e histórias que precisam de um conhecimento sobre Teologia para a correta compreensão).

Então, irmãos e irmãs, aqui me despeço dizendo que, depois que comecei a leitura (contínua) das Sagradas Escrituras, já não sou mais a mesma. Eu me sinto mais próxima do Pai sempre que leio Seus ensinamentos. Compreendi grandes mistérios divinos ao longo desse tempo, inclusive o agir de Deus em minha vida, e isso é uma graça imensurável (e Ele quer derramar infinitas graças sobre você, também!).

Comecem, irmãos e irmãs! Comecem com pouquinhos versículos (mas precisam ler com atenção, viu?!), e verão como esse ato se tornará algo tão essencial em suas vidas com o passar do tempo. Um forte abraço! Não se esqueçam do imenso amor de Deus por vocês. Ok? Que Ele nos abençoe!

fernanda_venturim_vantil

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Fernanda Vantil, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.