Por Everton Lucas Em Crescendo na Fé Atualizada em 26 SET 2017 - 14H22

Desafio do Papa: 70x7, cálculo difícil

desafio_do_papa_jm

Estamos passando pela segunda quinzena de maio e com ela vem mais um Desafio do Papa. Desta vez, a obra de misericórdia espiritual será PERDOAR OS QUE NOS OFENDERAM. E é agora que o bicho pega! Talvez um dos maiores desafios deixados por Jesus para nós. Missão nada fácil e que exige de nós muita misericórdia, sabedoria e mansidão.

Vamos começar então coma seguinte passagem: “Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou: ‘ Senhor, quantas vezes eu devo perdoar a meu irmão quando ele pecar contra mim? Até sete vezes?’ Jesus respondeu: ‘Em verdade vos digo, não até sete vezes, mas até setenta vezes sete’” (Mateus 18, 21-22).

Quando a gente pensava que estava tudo tranquilo e favorável, Jesus vem e pááá!!! Joga pra gente uma conta de matemática.

Mas como assim?! Sou de humanas! Pois é, se a gente for parar pra pensar, lá no fundo das palavras de Jesus, vemos que ele também não é de exatas e sim de humanas. Afinal, de todos os deuses nos quais a humanidade já acreditou, Deus mais humano que Ele jamais existiu. Nosso desafio hoje é colocar em prática o que Jesus nos pediu. 70x7 é igual a 490, o que já é um bom número para se perdoar a uma pessoa só. Mas Jesus vai além dos números, Ele chega até onde está a nossa capacidade de semear o amor. E se tratando deste assunto não podemos calcular.

:: Assita à Obra de Misericórdia Corporal - Visitar os presos ::

Neste mês, não iremos fazer dicas para que você possa cumprir com o desafio, afinal o perdão é uma prática que está muito além de fórmulas prontas. O significado deste cálculo de Jesus é exatamente que não existe condicionamento para o perdão, aquele perdoa, o faz sob qualquer circunstância.

Cá pra nós, este é verdadeiramente o maior desafio espiritual que precisamos praticar todos os dias. Aquele que, quando não praticado, gera em nós uma série de transtornos e que não faz mal somente a nós, faz mal também ao outro que não recebe o perdão e ainda deixa no ambiente um clima extremamente insuportável de se viver. Um lugar onde as pessoas guardam rancor, intrigas e malquerença é sem dúvidas onde não queremos estar.

70x7 é uma cota de perdão?

perdao_11

O 70x7 não se trata de uma cota de perdão, pois aqui a questão é estar de coração aberto e deixar de lado todo o nosso orgulho. Este cálculo é difícil porque não nos dispomos a resolvê-lo. É exatamente como acontece nas aulas de matemática. Muito comum de se ver pessoas que detestam fazer as operações de álgebra ou geometria, porque realmente exigem de nós muito esforço intelectual. Aqui temos um ótimo professor de matemática. Todo bom mestre dá as fórmulas necessárias para se resolver os problemas e assim Jesus faz conosco. Ele não simplesmente joga para nós o problema, mas sim nos ensina como resolver. Perdão, humildade, amor e misericórdia são algumas ferramentas que Cristo nos mostra para podermos entrar no caminho certo e garantir que consigamos resolver o cálculo. O resultado é o melhor de tudo sempre! Pois tudo ao redor fica mais leve.

Vamos nos propor a este desafio e colocar em prática as palavras que rezamos na oração do Pai-Nosso. Se oramos para que Deus perdoe as nossas ofensas assim como nós perdoamos aqueles que nos ofenderam, deveríamos então levar mais a sério estas palavras. Talvez estejamos somente repetindo frases e não encarnando em nosso dia a dia aquilo que rezamos. E então de que vale uma oração sem ato?

O desafio está lançado! A vida é muito melhor quando não está carregada de rancor. Perdoando se vive melhor. Ah! E um dia também precisaremos de perdão. Termino com as palavras de São Francisco: “É perdoando que se é perdoado.” Abrace o desafio e pratique o perdão, você vai ver como sua vida vai mudar!


Escrito por
Everton Lucas (Fotos Everton Lucas)
Everton Lucas

Apresentador e estudante de comunicação.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Everton Lucas, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.