Por Everton Lucas Em Crescendo na Fé Atualizada em 26 SET 2017 - 14H48

“Manda Nudes”?

Ouvi dizer por aí que a moda agora é mandar “nudes”. Antes de começar a falar deste assunto vou aqui me utilizar de um exemplo, que viralizou na rede, acontecido com o Padre Fábio de Melo.

Ele, depois de muitos pedidos em seu twitter, fez a pergunta em público do que seria esse tal “nudes”. Depois de obter inúmeras respostas, ele pediu para que as pessoas parassem de lhe pedir fotos íntimas. Seria muito engraçado, se não fosse bizarro!

celular_5

É chegando nesse ponto que a gente percebe que realmente, cada vez mais, os relacionamentos estão ficando mais superficiais do que nunca. A ordem “comum” dos relacionamentos mediados pelas redes sociais parece ser esta: Convite de amizade - Troca de informações básicas – Nudes - Fim.

O que é essencial em um relacionamento não está mais sendo valorizado nos dias de hoje. O apelo à sexualidade mal coordenada toma o lugar do afeto, amor, enfim, daqueles sentimentos que nós bem sabemos que sustentam qualquer relacionamento. Etapas são puladas e isso faz com que, na maioria das vezes, as pessoas não consigam se tornar plenamente realizadas em uma vida a dois.

 

O apelo à sexualidade mal coordenada toma o lugar do afeto e amor.

A superficialidade das relações traz consigo a degradação de valores que outrora eram apreciados pelas pessoas e que, notavelmente, geravam respeito entre as pessoas. De forma alguma estou fazendo uma apologia ao congelamento de regras e normas que a sociedade adotava há décadas atrás. Tenho plena consciência de que o tempo passa e as coisas mudam.

Digo isto por ser filho de uma geração em que realmente as relações são mediadas por tecnologias sim. Eu faço apologia ao acompanhamento destes valores tão importantes para nós e que poderiam ter um novo significado na medida em que o mundo também se transforma e continua sendo mundo.

Templo do Espírito Santo

namoro_1Nós, que entendemos o corpo como “Templo do Espírito Santo”, não deveríamos tratá-lo da forma como muitos tratam. Tornando-o como objeto nas mãos de quem não sabe se utilizar dele. Entregando a outra pessoa uma foto íntima sua, você automaticamente expõe o seu tesouro mais precioso. Não há nada que tenha mais valor do que seu próprio corpo.

Mandar “nudes” é se expor demais e desvalorizar o que é santo. E afinal, o que leva uma pessoa a pedir um “nudes” de um sacerdote? Isto é simplesmente um reflexo da degradação do respeito.

Eu falando estas coisas creio que você irá me imaginar um velho que não abre mão do conservadorismo. Mas prefiro que você me imagine como um jovem que acredita na sacralidade do corpo e que entregá-lo de qualquer forma a outra pessoa não é o melhor a ser feito.

Pense bem antes de aceitar um pedido de “nudes” em suas redes sociais!


Escrito por
Everton Lucas (Fotos Everton Lucas)
Everton Lucas

Apresentador e estudante de comunicação.

10 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Everton Lucas, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.