Por Jovens de Maria Em Crescendo na Fé Atualizada em 13 MAR 2019 - 16H41

O que a Bíblia diz sobre jejum?

A Igreja Católica propõe, em algumas datas especiais durante o ano, que os fiéis pratiquem o jejum. Mas sempre surgem dúvidas sobre como o jejum deve ser feito. Então, fomos buscar na Palavra de Deus algumas orientações.

Se liga nos cinco aspectos importantes que mostram o que a Bíblia diz sobre o jejum.

shutterstock
shutterstock

1- É uma ação interior, entre você e Deus

“Quando jejuardes, não fiqueis com ar abatido como os hipócritas, que desfiguram seu rosto para mostrar que estão jejuando. Na verdade vos digo: já receberam o que deviam receber. Tu, porém, quando jejuares, perfuma a cabeça e lava o rosto, para os outros não notarem que estás jejuando, mas só teu Pai que está lá no secreto. E teu Pai, que vê no secreto, te dará a recompensa.” (Mt 6, 16-18)

2- Era utilizado como uma via para o arrependimento e conversão

"Jonas começou a andar pela cidade durante um dia e pregava: “Daqui a quarenta dias Nínive será destruída”. Os cidadãos de Nínive creram em Deus e promulgaram um jejum, vestiram roupas de saco, desde o maior até o menor deles. E Deus viu suas ações, isto é, que se haviam convertido de sua má conduta. Deus então arrependeu-se do mal que havia ameaçado fazer-lhes e não o fez." (Jonas 3, 4-5;10)

3- Também é utilizado como uma ação para se pedir a Deus por alguma situação

"Dirigi-me ao Senhor Deus para suplicar-lhe com jejum, roupa de saco e cinzas." (Daniel 9,3)

“Vai, reúne todos os judeus que se acham em Susa e jejuai por mim; ficai três dias sem comer e sem beber, nem de noite e nem de dia. Eu também com minhas damas jejuaremos da mesma forma, e depois me apresentarei ao rei, embora seja contra a lei; e se tiver de morrer, morrerei.” (Ester 4, 16)

"Ali, perto do rio Aava, proclamei um jejum, para nos humilharmos diante de nosso Deus e lhe pedirmos uma boa viagem para nós, para nossas crianças e para todos os nossos bens." (Esdras 8, 21)

4- O jejum também precisa gerar uma ação para o outro

"Não é antes este o jejum que eu prefiro: quebrar as correntes iníquas, desatar os laços do jugo, deixar ir livres os oprimidos e quebrar todo jugo? Não consiste talvez em repartir o pão com o faminto, introduzir em casa os pobres desabrigados e vestir quem está nu, sem desviar os olhos de tua gente?" (Isaías 58, 6-7)

5- Após o jejum e o tempo de recolhimento, chegará o tempo da alegria

“Assim fala Javé dos exércitos: o jejum do quarto, quinto, sétimo e décimo mês se mudará para a casa de Judá em alegria, júbilo e dias de festa; amai, pois, a verdade e a paz”. (Zacarias 8, 19)

"Então tua luz despontará como a aurora, tua ferida será rapidamente curada. Diante de ti caminhará tua justiça, e a glória de Javé te seguirá. Então o invocarás, e Javé responderá; clamarás, e ele dirá: 'Eis-me aqui!'" (Isaías 58, 8-9)


:: Leia também: Como fazer um jejum que agrade a Deus?

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.