Por Luciana Gianesini Em Crescendo na Fé Atualizada em 17 JUL 2020 - 14H47

Os coelhinhos de Padre Vítor

Muita gente nem era nascida quando o Padre Vítor Coelho de Almeida, o Apóstolo de Aparecida, partiu para o seu encontro definitivo com Deus, em 1987. Porém, durante toda a sua vida religiosa, ele foi deixando marcas que a gente não pode deixar que se percam com o tempo.

:: 5 características do Jovem de Maria

Comissão para o Patrimônio Histórico - CSSR
Comissão para o Patrimônio Histórico - CSSR


:: O que Deus quer de mim?

Padre Vítor era muito conhecido por sua simpatia e simplicidade com as palavras, características que os Missionários Redentoristas procuram manter até hoje. Devido a esse carisma, ele levou muita gente a seguir seus passos e optar pela vocação religiosa e sacerdotal. Sua facilidade para conversar com os jovens foi um fator-chave para que sua fama de “inspirador vocacional” se construísse ao longo dos anos.

Entre muitas outras coisas, Pe. Vítor conduzia pequenas missões, especialmente dedicadas a crianças (o que hoje conhecemos como o trabalho da Infância Missionária, entre outras iniciativas). Outros padres que viveram na mesma época contavam que o Padre Vítor sempre voltava das missões com uma lista de jovens interessados em entrar para o seminário

"Muitos saíam, mas não poucos perseveravam, vindo a construir numeroso grupo de sacerdotes redentoristas, que se convencionou chamar de 'Coelhinhos do Padre Vítor'", contou uma vez o padre Rubem Leme Galvão.

Centro de Documentação e Memória do Santuário Nacional
Centro de Documentação e Memória do Santuário Nacional


Porém, não era só para a vocação religiosa que o Padre Vítor tinha talento em atrair os jovens. Muitos também discerniram suas vocações ao matrimônio e à vida em comunidade graças aos conselhos do missionário. Frases como “Quem tem Deus, tem tudo”; “O terço é a chave do céu”; “Fazer o bem, sem olhar a quem, e muitas outras ficaram marcadas na memória daqueles que o conheceram. Uma oura frase muito interessante demonstra seu olhar para o futuro dos jovens, sempre com foco na fé:

"Sou um homem velho. Velho e pra frente. Para frente e para o Alto".

:: E você, já tinha ouvido falar no Padre Vítor? Compartilhe com seus familiares mais velhos. Quem sabe alguém te conta mais alguma história sobre o Apóstolo de Aparecida!

LEIA MAIS:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Luciana Gianesini, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.