Por Jovens de Maria Em Crescendo na Fé Atualizada em 18 SET 2018 - 14H46

Sou jovem e leigo: o que a Igreja Católica espera de mim?

e AÍ, leiguitude!!! kkk* Já tá começando setembro, mês da Bíblia, onde a gente vai meditar sobre o livro da Sabedoria. Já leu? E daqui a pouco tá chegando o dia de Nossa Senhora Aparecida. Você vai vir?
Mas, na verdade, hoje eu queria falar justamente sobre como podemos viver a nossa identidade de leigos, ou seja: como viver com sabedoria nossa vida de leigo ou leiga na Igreja. Pra falar a verdade, poderíamos falar de muitas coisas. Sério, MUITA coisa. Mas vamos tentar resumir.

shutterstock
shutterstock

Podemos começar falando o seguinte: tudo o que você faz, você faz como batizado. Se você não recebeu a ordenação sacerdotal, então você é leigo: alguém que é parte da Igreja e dá testemunho dela. Simples, né? Na prática, a Igreja espera que você seja o rosto de Deus para as pessoas com quem você vive. Então, tudo o que você diz e faz não é só problema seu ou “a sua opinião”, mas deve ser também a opinião de Jesus e da sua Igreja. Sabe por quê? Porque nós somos o povo de Deus, nós somos a Igreja.

Não basta colocar tudo na conta do padre, não. Nós também somos Igreja Católica. Nós, pelo batismo, somos “católicos oficiais”, representantes da Igreja Católica.

Vou dar um exemplo: as eleições já estão chegando. A Igreja vai votar? Vai sim. Como? Através de cada cidadão brasileiro e católico que votar. Então, você e todos nós teremos a oportunidade e a responsabilidade de escolher os políticos que vão governar o nosso Brasil. Será que eu escolherei aquele candidato que fará coisas que vão contra a nossa fé? Leia Mais3 características do discípulo de CristoIsso é um papel que o leigo tem que fazer. 

Resumindo, a evangelização que cada um pode fazer, assumindo a sua identidade batismal, é enorme. Existem coisas que só nós leigos podemos fazer. Quem vai fazer as coisas na paróquia? Quem vai ajudar nas pastorais? Quem vai tocar na missa? Quem vai criar soluções coerentes com a fé católica para os problemas do mundo? Esse testemunho da fé, de uma sociedade justa, é uma das expectativas da Igreja em relação à missão do leigo. Por isso, devemos cooperar com a ação de Deus: “a Sabedoria se deixa encontrar por quem a busca” (Sb 6,12-21), e, talvez, quem esteja buscando a Sabedoria encontre você. Isso mesmo, você. Porque você é a Igreja!

Fabio Araújo dos Santos   

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.