Por José Eymard Em Crescendo na Fé Atualizada em 26 SET 2017 - 14H04

Uma Viagem de Natal

– Atenção passageiros com destino a Belém de Judá. Embarque imediato na plataforma 25. A máquina do tempo já vai partir.
– Olá senhores passageiros. Aqui é Gabriel, comandante da Máquina do Tempo. Vamos voltar 2.016 anos na história. Apertem os cintos. Ótima viagem!
– Senhores passageiros, já chegamos em Belém. É noite e a temperatura está baixa. A Estrela Guia Máquina do Tempo agradece a preferência! Tenham um bom desembarque!

carro_natal

Eu gostaria de estar nessa viagem. E você? Já imaginou voltar à primeira noite de Natal? Contemplar com Maria e José o rosto humano de Deus. Sorrir para o nenenzinho que é o nosso Salvador. Desmanchamo-nos quando vemos um bebê. Mudamos a voz, fazemos sons diferentes. Tudo isso para chamar a atenção da criança e fazê-la rir. Imagina com Jesus! Queria vê-lo sorrindo e se Maria deixasse, o pegaria no colo, desejaria que ele não chorasse, mas sentisse confortado em meus braços.

Você está nessa viagem
Acaba de sair da Máquina do Tempo. Está em Belém de Judá, 2016 anos atrás. Porém seu desembarque não foi na gruta onde Jesus nascerá e sim em um campo, no meio de pastores e ovelhas. É madrugada, os pastores estão acordados vigiando o rebanho. Um som suave começa a se aproximar de vocês e um forte clarão que parece cegar os olhos. Surge um Anjo do Senhor.

– Não temais, porque eu vos trago notícias de grande alegria, que será para todo o povo: pois, na cidade de Davi, nasceu-vos hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor. E isto vos será por sinal: achareis o menino envolto em panos, e deitado numa manjedoura. – Disse o Anjo.

E, no mesmo instante, apareceu com o Anjo uma multidão dos exércitos celestiais, louvando a Deus, e dizendo: Glória a Deus nas alturas, Paz na terra aos homens de boa vontade! (Lc 2, 6-20)

Você e os pastores partiram apressadamente para o local onde o Anjo havia indicado. E conforme se aproximavam, o coração transbordava uma alegria imensa, jamais sentida. E dava para ouvir um choro de bebê. E sabia que estava prestes a ver Jesus recém-nascido.

Pausa na viagem!
O que você carrega consigo para presentear Jesus? Poxa, você sabe que os reis magos levaram ouro, incenso e mirra. Suas mãos estão vazias? Mas o coração está cheio? Verás o Rei que se despojou de si e, ao contrário de um berço de ouro, nasceu em meio a palhas e animais. Seu coração está cheio de amor? Repleto de paz e perdão? O coração está endurecido como pedra ou fino como areia que é capaz de deixar-se modelar?

O Natal é a experiência de fazer do coração uma manjedoura para Jesus. Ele não quer nascer na cobiça, nos desejos de riqueza e nas vaidades. Não quer se aconchegar em ódio, falta de paciência e medos. Ele quer a simplicidade do coração de quem ama. Natal é todo dia. Natal é acolher Jesus diariamente no coração e fazer dessa experiência uma atitude de conversão diária.

Ei! Os pastores já estão contemplando Jesus. E você? Vai se aproximar ou ficará envergonhado, esperando dar a hora do embarque de volta?

Você quer ver o rosto de Jesus, mas lembre que Ele está todos os dias refletido na face das pessoas com quem você convive: “agora e em todos os tempos, ele vem ao nosso encontro, presente em cada pessoa humana, para que o acolhamos na fé e o testemunhemos na caridade, enquanto esperamos a feliz realização de seu reino.” (Prefácio do Advento IA).

Restart à viagem!
Você vai agora contemplar Jesus envolto em faixas. Está se aproximando e verá o bebê. É agora… É agora! Como será o rosto de Jesus? Feche seus olhos e contemple essa beleza. Mergulhe em sua criatividade e no amor dessa noite de alegria verdadeira. E não esqueça, a Máquina do Tempo precisa voltar e você, assim como os pastores, deve ir embora glorificando e louvando a Deus por tudo o que ouviu e viu.

Que o Natal aconteça todos os dias através da contemplação do rosto de Jesus em cada pessoa que você encontrar ao longo de 2017.


Escrito por
José Eymard (Foto José Eymard)
José Eymard

Apresentador do Bem-vindo Romeiro na TV Aparecida e Jovem de Maria.

1 Comentário

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por José Eymard, em Crescendo na Fé

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.