Por Jovens de Maria Em Notícias Atualizada em 19 NOV 2019 - 15H48

Por uma cultura da partilha e não mais do desperdício

São João Paulo II já nos alertava sobre o Paradoxo da Abundância, e isso por compreender que cada vez mais essa realidade está presente em nossas vidas.

Se sobra no meu prato, falta no de alguém. Forte isso, né?

Shutterstock/ Nito
Shutterstock/ Nito

Essa nossa relação com o alimento faz parte da cultura do desperdício, como nos explica o Papa Francisco.

“O paradoxo implica mecanismos de superficialidade, negligência e egoísmo que estão na base da cultura do desperdício”.

É bom retomar o compromisso do jovem de Maria em combater essa cultura e ir ao encontro do que a Igreja nos propõe: a partilha. Esse amor autêntico, que nos impulsiona a rever o nosso estilo de vida, os valores que baseiam as nossas escolhas, repensar quem ou o que tem direcionado as nossas decisões.

Shutterstock/ New Africa
Shutterstock/ New Africa


Os desafios atuais, as mudanças climáticas e o constante desperdício de alimentos nos possibilitam tomar novos caminhos em direção à vontade de Deus, que é a a nossa relação paternal com Ele e o cuidado com os irmãos. É sempre bom recomeçar.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Jovens de Maria, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.