Notícias

Desafio: Como viver um Natal para Jesus e não para o Papai Noel

Escrito por Priscila Ferreira

05 DEZ 2019 - 10H37 (Atualizada em 06 JAN 2021 - 10H36)

Shutterstock Natal (Shutterstock)

Com o novo ano litúrgico e o Tempo do Advento, nos preparamos para a Encarnação do Verbo. O Natal é um tempo lindo, mas repleto de desafios.

"Em Jesus, o Altíssimo fez-Se pequenino, para ser amado por nós. Em Jesus, Deus fez-Se Menino, para Se deixar abraçar por nós. (Papa Francisco)

Os desafios se devem às preocupações e incertezas, e também, distrações e apego pelos bem materiais. Somos convidados a vencer tudo o que nos distancia de Jesus, tudo o que nos afasta do céu. “Ninguém pode servir a dois senhores: ou desagrada a um e agrada ao outro, ou dará preferência a este e desprezará aquele. Não podeis servir a Deus e ao dinheiro”. (Mt 6,24) 

Agora, me conta, você quer viver o mistério de um Deus que se fez homem e veio nos visitar ou um Natal para o Papai Noel? Um Natal Raiz ou Nutella? Vem comigo que eu te explico.

Natal Raiz – Natal para Jesus

Shutterstock
Shutterstock


1 - Jesus nasce em uma manjedoura. Certo? Um lugar onde se depositava a comida dos animais: das vacas, dos bois, dos cavalos e dos burrinhos. Maria, não foca na estética daquele lugar,  não ficou com 'nojinho', ela tinha tudo, que é Jesus.

2 - Os três reis magos quando recebem a notícia de que Deus habitou no meio de nós, deixam tudo de lado, para abraçar o principal. 

3 - A primeira adoração a Jesus aconteceu em um estábulo. Deus, didaticamente, nos ensina a abraçar o mais importante, o essencial.

Natal Nutella – Natal para o Papai Noel

No Natal Nutella,  os presentes se tornam o essencial. Não há sequer uma oração para o aniversariante e só se pensa em como aproveitar o "máximo" possível aquela noite, com bebedeiras e comilanças.

Ao invés de fazer uma adoração na missa ou através de uma oração, há uma enxurrada de fofocas da vida de outros familiares não presentes na ceia e dos vizinhos.

Em vez de partilha, acontece desperdício. Um consumismo desenfreado, que não preenche o nosso coração, os nossos anseios.

Shutterstock
Shutterstock


Um Natal para Jesus é um Natal com Jesus. É em família, com alegria, esperança, fé e confiança. A partilha e reconciliação acontecem no meio de nós. Vamos à missa nos encontrar com Aquele que É e realizarmos doações aos nossos irmãos, àqueles que mais precisam. Seja os que precisam do nosso tempo/companhia ou de mantimentos. Esse é o modo de viver o Natal cujo centro é o Cristo.

#ParaTodosLerem: Curtiu esse post? Compartilhe com seus amigos!
É só clicar no botão do Whatsapp ou demais redes sociais, logo abaixo do título

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Priscila Ferreira, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.