Por Beatriz Nery Em Notícias Atualizada em 18 JUL 2018 - 12H46

Área de beleza e estética cresce entre os empreendedores

Shutterstock
Shutterstock

Voltar ao mercado de trabalho abrindo a própria empresa é a oportunidade mais utilizada pelos brasileiros no último ano. Dados do MindMiners, pesquisa encomendada pela carteira digital PayPal, afirma que 2/3 dos brasileiros ou seja 66% das pessoas querem abrir a própria empresa para ter mais liberdade e autonomia nos negócios.

Leia MaisCirurgia plástica: beleza estética x saúde e vidaEm busca do 'direito à beleza'Uma das áreas que mais crescem em novidades e que abrange um número considerável de público alvo é a de beleza e estética. O Brasil é o 4º consumidor de beleza no mundo, perdendo apenas para EUA, China e Japão. É o momento de investir! A consultora de negócios do Sebrae Érica Miguel de Jesus traz dicas de como entrar neste mercado:

Por que investir na área de beleza e estética?

É um mercado amplo e em constante crescimento. Érica pontuou motivos para esse crescimento. "O aumento da expectativa de vida gera uma maior preocupação em cuidar do corpo, o aumento do poder de compra da mulher, a utilização de tecnologia de ponta e consequentemente um aumento da produtividade, o constante lançamento de produtos atendendo as necessidades do mercado e temos um consumidor cada vez mais jovem e uma presença maior do homem nesse mercado consumidor”.

O que é necessário para começar um negócio nessa área?

Planejar, identificar o público alvo, decidir a constituição do negócio – empreendedor individual, micro empresa ou salão parceiro, - definir equipamentos, selecionar os profissionais, escolher os produtos, verificar as regras de vigilância sanitária e, por fim, trabalhar o relacionamento com o cliente.

“O profissional tem muita habilidade na área técnica, mas não tem muito controle na parte de gestão. É preciso entender de finanças, de marketing, de gestão de pessoas para que esse estabelecimento realmente seja diferenciado no mercado”, reforça Érica.

Como fidelizar o cliente?

Um trabalho de marketing de relacionamento se faz necessário para fidelizar os clientes. Érica sugere “um cadastro de clientes com informações básicas, como por exemplo, se o cliente vai diariamente ou semanalmente ao salão, que tipo de serviço ele procura e aí dessa forma há o relacionamento.” Além disso, conquiste parcerias, participe de eventos, faça um trabalho de marketing de conteúdo e crie conteúdos interessantes para que essas pessoas comecem a seguir e a procurar informações sobre o salão.

Conheça as principais tendências para a área. Aposte e terá destaque em seu salão:

Estética para homens

Um dos ramos de maior crescimento é inserção do homem no mercado de beleza e estética. Barbearias e salões de beleza se adaptaram trazendo uma nova experiência ao público masculino: mesas de bilhar, cervejas e espaço para conversas fazem parte dos empreendimentos mais modernos. “É um ramo que tem crescido muito, mas é preciso fazer um estudo de mercado desta demanda. Verifique se há outros salões que atendam o público masculino e quais tipos de inovações você pode trazer para competir com outros mercados”.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Beatriz Nery, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.