Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 27 DEZ 2018 - 16H21

Atirador da Catedral em Campinas planeja crime desde 2008

shutterstock
shutterstock

O atirador responsável por matar 5 pessoas, ferir outras 3 e depois tirar a própria vida na Catedral Metropolitana de Campinas no último dia 11 de dezembro já tinha a intenção de cometer o crime desde 2008, segundo a informação divulgada pela Policia Civil na última sexta-feira (21).

Na coletiva de imprensa realizada na 1º Delegacia Seccional de Campinas, foram mostrados trechos do diário escrito por Euler Grandolpho, além de áudios e vídeos gravados pelo atirador no celular e computador dele. Em um áudio gravado em 2013, Grandolpho citava a 'importância de um massacre' para que as pessoas entendessem o que ele passava.

“Qualquer pessoa que tenha o mínimo de consciência faria o que eu vou fazer, não tenho dúvida disso. É lamentável chegar nesta conclusão, mas é o que vai acontecer e garanto que minha alma vai ficar em paz”.

Para o delegado José Henrique Ventura, a motivação do crime já foi descoberta. Confira:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.