Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 29 OUT 2020 - 13H27

Câmara pode pedir plebiscito para alterar Constituição

O líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros, é o autor da proposta

Shutterstock
Shutterstock

Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

O líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), disse que pretende apresentar um projeto de decreto legislativo até o fim de novembro, sobre a realização de um plebiscito em que a população diga se deseja uma nova Constituição. Segundo Barros, a Constituição de 1988 dá muitos direitos para os cidadãos e estabelece poucos deveres. O parlamentar afirmou que o texto constitucional estabeleceu muitos benefícios que o país não pode pagar.

Para o especialista em direito constitucional Dr. Luiz Felipe Panelli, a declaração causa estranheza no meio político, já que uma nova constituição, segundo o especialista, significaria ruptura das instituições.

Apesar do especialista confirmar que seria possível a realização de uma nova constituição, caso fosse essa a vontade da população, não se deve discutir um assunto classificado por ele como profundo "de uma maneira tão superficial e leviana".

Na tarde de ontem, o vice-presidente Hamilton Mourão negou a possibilidade de uma nova constituinte no Brasil, afirmando ser o que ele chamou de 'voo solo’ do deputado Barros.

🔊 Gostou desse podcast? Compartilhe com os amigos e ouça mais conteúdos!
Na parte superior da página (logo abaixo do título) clique no botão do WhatsApp ou das demais redes sociais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.