Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 27 SET 2018 - 08H29

Greve na Argentina gera crise econômica e problemas sociais

Shutterstock
Shutterstock

Leia MaisAnalista explica terceira greve geral na ArgentinaProblemas sociais e a grave crise econômica fizeram surgir mais uma greve, convocada pela centrais sindicais da Argentina. Pelo menos 15 milhões de pessoas foram afetadas pela paralização que atinge ônibus, metrô, trem e aviões. 

A secretária Alessandra Pinelli, turista em Buenos Aires, comenta que os protestos são pacíficos, além de falar sobre a desvalorização da moeda argentina, que apesar de boa para o turista, causa aumento da inflação para os moradores locais. “Quanto ao câmbio, realmente o peso está bem desvalorizado. O real estava valendo 8,85 pesos”.

Matheus Oliveira, doutorando em relações internacionais, explica que a crise pode afetar diretamente ao Brasil, podendo causar retração da indústria e demissões. “Aproximadamente 80% da produção de automóveis no Brasil é exportada para a Argentina. Uma retração do consumo naquele país tem impacto direto no setor produtivo aqui no Brasil."

Confira a reportagem completa:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.