Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 22 OUT 2018 - 16H41

Especialista em tecnologia analisa denúncia de fake news eleitoral


Leia MaisEntenda o grande problema da disseminação de fake newsFake News: Veja quatro conselhos do Papa e se livre delasFake news atrapalha informação do brasileiroSegundo reportagem publicada pela Folha de São Paulo, empresários teriam comprado irregularmente um pacote de mensagens contrárias ao PT pelo aplicativo Whatsapp. Na apuração do jornal, os contratos chegariam a R$ 12 milhões. O presidenciável do PT, Fernando Haddad, e o PDT, partido que lançou Ciro Gomes no primeiro turno, entraram na justiça para pedir a punição de Jair Bolsonaro (PSL) e a impugnação de sua chapa.

O professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e especialista em tecnologia e inovação, Arthur Igreja, diz que é possível afirmar que há influência profissional na divulgação de conteúdos. “O que nós podemos entender é que o jogo eleitoral, sem sombra de dúvida, mudou da ultima eleição pra cá. A divulgação ainda é bastante recente, mas eu tendo a acreditar que pode ter acontecido isso dos dois lados. Então, o TSE está um pouco perdido com relação a essas questões de fake news”.

O professor avalia, por fim, que as notícias falsas se espalham muito mais rápido que as verdadeiras. Por isso, é preciso ficar atento e sempre checar. “Os títulos são mais chamativos e o ser humano filtra menos, critica menos e avalia com menos contundência. São títulos mais curtos, feitos justamente para escandalizar e para pulverizar na internet”.

Ouça a resposta da presidente do TSE, Rosa Weber, a respeito das fake news:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.