Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 18 DEZ 2018 - 10H51

Funai reinvidica anexação a novo ministério de governo Bolsonaro


Governo Bolsonaro traz indícios de não se preocupar com povos indígenas


O governo de transição se negou a receber uma delegação de povos indígenas em novembro e, horas depois, comunicou à imprensa a anexação da Fundação Nacional do Índio (Funai) ao recém-criado Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

A decisão causou indignação entre os povos indígenas. Na carta entregue durante ato político às portas da sede do governo de transição em Brasília (DF), a Articulação dos Povos Indígenas no Brasil (APIB) pede a manutenção da Funai no Ministério da Justiça.

As críticas são muitas. Conforme a convenção 169, da Organização Internacional do Trabalho à qual o Brasil é signatário, qualquer mudança que afete a vida desses povos deve passar por consulta.

Para completar a situação, a ministra escolhida por Bolsonaro, Damares Alves, é ligada à organização conhecida por fazer proselitismo entre os povos indígenas.

Para o secretário executivo do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), Cleber Buzatto, a postura será um indício do que será o governo de Jair Bolsonaro:


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.