Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 08 JAN 2019 - 16H07

Governo tem dúvidas sobre fusão Embraer e Boeing

Shutterstock
Shutterstock

O presidente Jair Bolsonaro colocou em dúvida um ponto entre o acordo entre Boeing e Embraer, o que derrubou as ações da fabricante nacional de aviões e deu sinal amarelo nas duas companhias para o fechamento do negócio, que precisa do aval do governo.

Pela proposta, entregue em 17 de dezembro e que está sob análise, a Boeing pagará mais de 4 bilhões de dólares aos brasileiros para formar a nova companhia. Os 20% remanescentes serão da Embraer, embora ela possa se desfazer deles a qualquer momento.

Adir da Silva, presidente da Associação Brasileira de Direito Aeronáutico e Espacial, explica como a Embraer chegou à situação atual e falou sobre os perigos de se perder a nacionalidade com este acordo com a americana Boeing.

Confira:

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.