Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 28 JUL 2020 - 14H27

Jovens infratores preferem estudo e trabalho, diz pesquisa inédita

Shutterstock
Shutterstock


Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

Pesquisa inédita realizada no Brasil, mostra que o jovem infrator, principalmente, ligado ao tráfico de drogas, gostaria de estudar e trabalhar para ganhar dinheiro honestamente. Realizada pelo Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade Candido Mendes (CESeC), o levantamento ouviu 100 jovens internos, 84 meninos e 16 meninas, que cumpriam medida de internação definitiva por tráfico de drogas, nas três unidades do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) da cidade do Rio de Janeiro.

Para saber mais detalhes, conversamos com a coordenadora da pesquisa, Paula Napoleão. 

- A pesquisa mostra que os jovens não querem o que muitos chamam de “vida fácil”. Eles querem estudar e trabalhar?

- A pesquisa ainda traz um recorte onde vemos que o estereótipo de violência, do jovem traficante é um tanto quanto desmistificado. Muitos não cometeram atos violentos pra estarem internados, certo?

- A busca pelo tráfico tem sido a saída de muitos jovens, principalmente da periferia, negros e pobres. A pesquisa aponta isso? Partindo daí, essa seria a mudança?


Pesquisa aponta que movimento do comércio sobe 12,6% em junho

Shutterstock
Shutterstock

Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

Após o indicador registrar queda acentuada em abril, os resultados de maio e junho recuperam parte dessa perda e somam dois avanços mensais consecutivos. Os dados refletem uma leve reação do varejo, com as medidas de estímulo aos empresários e consumidores, no combate à crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Apesar da alta mensal, no acumulado de 12 meses, Flávio Calife explicou que os efeitos da crise ainda são sentidos com mais peso, apesar das recuperações.

Flávio Calife, economista, ressaltou, que é preciso aguardar os desdobramentos da crise, para que a recuperação seja ainda mais acentuada, mas que dificilmente teremos um crescimento positivo em 2020.

A pesquisa aponta ainda que a categoria de “Tecidos, Vestuários e Calçados” cresceu 2,4% no mês, expurgados os efeitos sazonais. Nos dados acumulados dos últimos 12 meses, houve alta de 5,8%. E o segmento de “Combustíveis e Lubrificantes” apresentou retração de 1,5% em junho considerando dados dessazonalizados.

:: Compartilhe com os amigos!
Na parte superior da página (logo abaixo do título) clique no botão do WhatsApp ou das demais redes sociais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Receba novidades

Cadastre seu e-mail e receba notícias diariamente

Parabéns, seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Você deve receber nossas novidades em breve.

Ops, tivemos um possível erro no cadastro de seu e-mail.
Tente novamente por favor.

Tentar novamente
Facebook

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.