Por Andresa Custódio Em Notícias

Maçã: quando faz bem, quando faz mal

 

BENEFÍCIOS À SAÚDE 

Previne a doença de Alzheimer - A maçã contém quercetina, um poderoso antioxidante que protege os neurônios da degeneração. A casca é rica em substâncias que combatem doenças.

Protege contra o câncer de cólon - Quando fermenta no cólon, a fibra natural da maçã produz substâncias químicas que ajudam a combater a formação de células cancerosas. As procianidinas, tipo de antioxidante encontrado na maçã, desencadeiam uma série de sinais celulares que resultam na morte de células cancerosas.

Estabiliza a glicemia - A maçã é rica em fibra solúvel, o que retarda a digestão e a entrada da glicose na corrente sanguínea. Pesquisadores descobriram que mulheres que comeram, pelo menos, uma maçã por dia, tiveram probabilidade 28% menor de desenvolver diabetes do que as que não o fizeram.  

Saúde das gengivas - Embora comer maçã não limpe os dentes, morder e mastigar a maçã estimula as gengivas, e a doçura da fruta aumenta o fluxo de saliva, o que reduz as cáries ao diminuir o nível de bactérias na boca.

Previne a hipertensão arterial - Adultos que comem maçã têm 37% menos chance de ter hipertensão arterial.

Ajuda a mantê-lo magro - A maçã é rica em água e fibras, então o estômago vai querer menos comida. Além disso, estudos mostraram que quem come pelo menos três maçãs por dia perde peso.

Ajuda a prevenir doenças cardiovasculares - A maçã é rica em flavonoides, antioxidantes que auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares; mas é preciso comer a casca.

Combate o colesterol elevado - A maçã é pobre em calorias e rica em pectina, fibra solúvel que ajuda a baixar o nível do LDL-colesterol (que danifica as artérias) no sangue.  

 

RISCOS À SAÚDE

Pesticidas - Como a maçã é vulnerável a larvas, vermes e outros insetos, recebe aplicações de pesticidas. Sempre lave bem as frutas antes de comê-las.

Alergias - O dióxido de enxofre é frequentemente adicionado a maçãs desidratadas para preservar a umidade e a cor; esse produto pode provocar alergias em pessoas propensas.

Infecções bacterianas - Escherichia coli e Cryptosporidium já provocaram doenças graves em quem consumiu suco ou sidra de maçã não pasteurizados. Crianças, grávidas, idosos e pessoas com o sistema imunológico enfraquecido são mais suscetíveis e devem se precaver optando por suco ou sidra de maçã pasteurizados. Verifique o rótulo antes de comprar.

 

Fonte: Revista Seleções

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Andresa Custódio, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.