Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 04 OUT 2017 - 11H02

Outubro Rosa: Oncologista orienta para o diagnóstico precoce


Outubro é o mês de conscientização sobre o câncer de mama, a Campanha ‘Outubro Rosa’ é um movimento mundial criado nos Estados Unidos na década de noventa e busca orientar, abordar as questões da saúde da mulher e principalmente a importância do diagnóstico precoce do câncer.

Doutor Pedro Aguiar Junior, médico oncologista do Hospital Santa Cruz de São Paulo (SP) em entrevista à Rádio Aparecida esclareceu as principais causas do câncer de mama.

“O principal fator de risco para o câncer de mama é a idade, a partir dos 50 anos o risco da mulher desenvolver o câncer de mama aumenta comparado a mulheres mais jovens”, colocou.

Além disso, outros fatores podem contribuir para o desenvolvimento do câncer de mama:

  • Exposição hormonal excessiva
  • Obesidade
  • Exposição à radiação
  • Fator genético

Os sintomas do câncer de mama são silenciosos, quando a mulher identifica um sintoma, como caroços no seio, a doença já pode estar muito avançada, por isso o médico salienta a importância dos exames de mama.

“Aqui no Brasil como a gente sabe que as mulheres têm dificuldade em ter acesso ao serviço de saúde, principalmente quem depende do SUS, tem dificuldade a ter acesso ao médico, ao exame de mamografia, então o autoexame é muito importante para a mulher conhecer o próprio corpo e na detecção de qualquer alteração o mais importante é procurar ajuda médica”, colocou.

A chance de cura do câncer de mama em casos de diagnóstico precoce é de 90%, se a mulher deixar para procurar tratamento quando aparecer algum sintoma a chance de cura cai para 85% e se a doença já estiver espalhada a chance de cura cai para 26%. Doutor Pedro alerta para que as mulheres não esperem a doença aparecer e façam os exames preventivos.

“É muito importante descobrir a doença, as mulheres têm medo de descobrir, às vezes não realizam os exames por não querer descobrir a doença, não pode deixar os sintomas aparecerem, porque quando os sintomas aparecerem já pode ser tarde demais”, adverte.

Confira a entrevista completa:

:: Médico esclarece dúvidas sobre câncer no rim

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.