Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 23 NOV 2017 - 13H48

Padre Zezinho analisa a dificuldade de ser cristão no mundo de hoje


Padre Zezinho analisa, no quadro 'Viver como Jesus Viveu', como é difícil ser cristão no mundo de hoje

Citando a parábola do 'Palhaço e a Aldeia em chamas", padre Zezinho compara o cristão que prega a Palavra de Deus com o Palhaço que anunciava um incêndio, mas não era levado a sério.

Confira as palavras do Padre Zezinho analisando como a dificuldade de ser cristão no mundo de hoje.

:: Saiba diferença entre cristão e católico

O Papa João Paulo II nas suas encíclicas falava muito de‘crer no mundo de hoje’. Também o Papa Bento XVI e todo Papa tem que falar isso mesmo, para ajudar, liderar a Igreja afim de que ela creia do jeito de hoje no mundo de hoje sem jogar fora todos os valores do passado, mas ela tem que estar aqui hoje entendo o que faz.

O Papa Bento XVI nos diz – "Quem, nos dia de hoje, tenta falar sobre a fé cristã para pessoas que não tem fé, seja por profissão, seja por conveniência, pessoas que não tem intimidade com o pensamento e a linguagem da nossa Igreja, vai sentir uma ambiente de estranheza e de assombro das pessoas", é provável que em pouco tempo tenha a sensação de estar vivendo uma situação semelhante à parábola do palhaço e da aldeia em chamas.

“Certa vez houve um incêndio num circo ambulante na Dinamarca, o diretor mandou imediatamente o palhaço que já estava vestido e maquiado para a vila mais próxima para que buscasse ajuda advertindo que existia o perigo de fogo se espalhar pelos campos com risco iminente para as casas do povo. O palhaço correu até a vila e pediu aos moradores que viessem ajudar apagar o incêndio que estava destruindo o circo e poderia pegar fogo na plantação, mas os habitantes viram nos gritos do palhaço apenas um truque de publicidade que visava levá-los, em grande número, às apresentações do circo, aplaudiam e morriam de rir. Diante dessa reação o palhaço sentiu mais vontade de chorar do que de rir, fez de tudo para convencer as pessoas que ele estava falando sério, embora fosse um palhaço, mas sua insistência só fazia o pessoal rir mais dele, acharam que o sujeito era um excelente ator. Então o fogo alcançou a vila e descobriram que já era tarde, o fogo destruiu o circo e a vila”.

Às vezes, a gente que prega a Palavra de Deus parece palhaço, é assim que nos tratam, na televisão e em outros lugares, quando defendemos o matrimônio , quando falamos contra o aborto, o divórcio e quando falamos contra a morte do embrião, é difícil ser cristão no mundo de hoje.

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.