Por Rádio Aparecida Em Notícias

Projeto de Lei concede incentivos fiscais a empresas que contratarem mulheres vítimas de violência

shutterstock
shutterstock

Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

🔊 Acompanhe o 'Notícias em 30' às 7h (1ª edição) e às 17h30 (2ª edição) 

Três em cada cinco mulheres jovens já sofreram violência em relacionamentos e muitas não conseguem sequer uma vaga no mercado de trabalho. Com a aprovação da Lei Maria da Penha, a sociedade brasileira deu um passo importante na diminuição da violência contra as mulheres.

Mesmo assim, a realidade ainda é perturbadora e inadmissível. Um projeto de lei prevê a concessão de um incentivo fiscal para empresas que contratem mulheres que tenham sido agredidas. O texto é de autoria do deputado Coronel Tadeu, do PSL SP, que conversa conosco com exclusividade.


Cidadãos que aguardam desde a década de 80 para receber indenizações, podem ter que esperar mais quatro anos.



Ouça também (ou se preferir, leia):

🔊 Acompanhe o Notícias em 30 às 7h (1ª edição) e 17h30 (2ª edição)

Mais de um milhão de brasileiros aguarda o recebimento de precatórios, que são as dívidas que estados e municípios tem na justiça com esses cidadãos. Porém, estes pagamentos que já se arrastam por anos e passam de 140 bilhões de reais, podem sofrer mais um atraso. Caso uma medida proposta no projeto de lei do pacto federativo seja aprovada por deputados e senadores, o prazo máximo para o pagamento de precatórios, que hoje é 2024, seria estendido para 2028.

Se aprovada, será a sexta prorrogação, chamada moratória, incluindo a concedida pela Constituição de 88.

Doutor Eduardo Gouvêa, presidente da Comissão de Precatórios da OAB afirmou que, caso a medida seja aprovada, a ordem deve entrar com recurso no Supremo Tribunal Federal.

🔊 Gostou desses podcasts? Compartilhe com os amigos!

Na parte superior da página (logo abaixo do título) clique no botão do WhatsApp ou das demais redes sociais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.