Notícias

Rosa Weber libera julgamento de ações do orçamento secreto

Escrito por Rádio Aparecida

02 DEZ 2022 - 13H39 (Atualizada em 20 DEZ 2022 - 09H19)

Alejandro Zambrana/Shutterstock

A presidente do Supremo Tribunal Federal, Rosa Weber, liberou, na noite de ontem (1º), para julgamento quatro ações que discutem a constitucionalidade do pagamento das emendas do relator no orçamento, o chamado "orçamento secreto". 

Esse nome foi dado informalmente às emendas parlamentares repassadas aos estados, sem critérios claros ou transparência. Foi o voto de Rosa Weber que levou o plenário do Supremo a suspender temporariamente esses pagamentos e determinar que o Congresso criasse um sistema para dar publicidade aos gastos. Os repasses foram liberados posteriormente.

O Supremo ainda precisa discutir se essa modalidade de liberação de recursos é constitucionalAgora, cabe à ministra, que é relatora dos processos, marcar a data para análise dos casos. Na prática, Rosa Weber indicou que quer julgar em breve as ações.

Nos bastidores, ministros avaliam que o julgamento pode ser marcado ainda antes do recesso da Corte, em dezembro. Também não descartam que a discussão possa ser adiada com um pedido de vista, ou seja, de mais tempo para analisar os processos.

No ano passado, o STF determinou que o Congresso desse transparência à execução das emendas de relator. As informações passaram a ser publicadas pela Comissão Mista de Orçamento do Congresso, mas o sistema dificulta o acesso aos dados.


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Receba novidades

Cadastre seu e-mail e receba notícias diariamente

Parabéns, seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Você deve receber nossas novidades em breve.

Ops, tivemos um possível erro no cadastro de seu e-mail.
Tente novamente por favor.

Tentar novamente
Facebook

Boleto

Carregando ...

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...