Notícias

Saúde foi a principal justificativa para não votar no 1º turno

Escrito por Rádio Aparecida

10 OUT 2022 - 15H53 (Atualizada em 11 OUT 2022 - 09H46)

Sidney de Almeida/Shutterstock

Pesquisa Datafolha divulgada no último sábado (8), contratada pela Globo e pela “Folha de S. Paulo”, aponta que a maioria dos eleitores que não foram votar no primeiro turno das eleições alegaram razões de saúde.

Mais de 32 milhões de eleitores não compareceram às urnas no dia 2 de outubro, data do primeiro turno das eleições de 2022, uma taxa de abstenção de 20,95%. Em 2018, esse percentual foi de 20,3%.

O principal motivo apontado pelos eleitores para não ter ido votar no primeiro turno foi saúde/estar doente, com 22%. Alegaram desinteresse pela eleição e pelos candidatos 15%. Outros 15% afirmaram estar viajando na data do pleito, enquanto 12% disseram estar trabalhando. O Datafolha realizou 2.884 entrevistas com eleitores de 16 anos ou mais entre os dias 5 e 7 de outubro, em 179 municípios, em todas as regiões do país.

A margem de erro máxima para o total da amostra é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-02012/2022

Assista ao jornal na íntegra:


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0
Receba novidades

Cadastre seu e-mail e receba notícias diariamente

Parabéns, seu cadastro foi efetuado com sucesso!
Você deve receber nossas novidades em breve.

Ops, tivemos um possível erro no cadastro de seu e-mail.
Tente novamente por favor.

Tentar novamente
Facebook

Boleto

Carregando ...

Reportar erro!

Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou de uma informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Carregando ...