Por Rádio Aparecida Em Notícias Atualizada em 22 SET 2020 - 08H31

Serasa Limpa Nome permite quitar dívidas pela metade do valor

Shutterstock
Shutterstock

Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

A maior plataforma de renegociação de dívidas do Brasil, o Serasa Limpa Nome, acaba de divulgar mais uma grande oportunidade para quem quer se livrar das dívidas. Em uma ação conjunta com os parceiros Ativos S.A. e Recovery, os consumidores que tiverem débitos com ambas poderão ganhar 50% de desconto ou mais, como detalha Matheus Moura, um dos gerentes da empresa.

O mutirão de renegociação é feito de forma virtual, por meio do site ou do aplicativo da Serasa. Para que o consumidor possa aproveitar a iniciativa, é preciso acessar a plataforma e verificar se possui alguma dívida em seu CPF. Matheus Moura, destaca também a importância desta ação para ajudar os brasileiros com suas dívidas por conta da pandemia e orienta como o serviço pode ser acessado.


Fome no Brasil atinge mais de 10 milhões de pessoas

Shutterstock
Shutterstock


Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

A fome voltou a ser parte do cotidiano de muitos brasileiros. Aumentou em cerca de 3 milhões o número de pessoas que não têm acesso regular à alimentação.

A Pesquisa de Orçamentos Familiares 2017-2018: Análise da Segurança Alimentar no Brasil, divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), mostra que mais de 10 milhões e 300 mil pessoas passaram por uma situação de insegurança alimentar grave nos anos pesquisados, como explicou o gerente da sondagem, André Martins.

Martins falou ainda sobre a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar aplicada na Pesquisa, que classifica os domicílios de acordo com seu nível de segurança quanto ao acesso aos alimentos em quantidade e qualidade.

Na comparação com 2013, a última vez em que o tema foi investigado pelo IBGE, na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), a prevalência de insegurança quanto ao acesso aos alimentos aumentou 62,4% nos lares do Brasil.

A insegurança alimentar aparece de forma desigual entre as regiões. O Norte e o Nordeste ficaram abaixo da média nacional: menos da metade de seus domicílios tinham segurança alimentar. Essa desigualdade já havia aparecido nas pesquisas de 2004, 2009 e 2013.

A pesquisa aponta, ainda, que mais da metade dos domicílios com insegurança alimentar grave são chefiados por mulheres. O homem é a pessoa de referência em 61,4% dos domicílios em situação de segurança alimentar. Já nos domicílios em condição de insegurança alimentar grave, predominam as mulheres (51,9%).


Socorro a estados e municípios teve distribuição desigual e sem relação com pandemia

Shutterstock
Shutterstock


Ouça a reportagem ou, se preferir, leia:

O Programa de Socorro a Estados e Municípios para enfrentamento da pandemia de Covid-19 apresentou resultados desiguais. Enquanto algumas administrações receberam recursos, mesmo sem ter tido perda de arrecadação, outras não receberam dinheiro suficiente para compensar a queda nas receitas. Além disto, a distribuição de recursos não teve ligação com as necessidades desses locais para enfrentar a pandemia, quando se considera a relação entre transferências e locais com maior número de mortes por habitantes.

As conclusões são parte de um estudo técnico da Rede de Pesquisa Solidária, que reúne pesquisadores de instituições públicas e privadas como a Universidade de São Paulo, Centro Brasileiro de Análise e Planejamento e a Fundação Getúlio Vargas, com base nos relatórios resumidos da execução orçamentária para o 1º semestre de 2019 e 2020. Os dados foram atualizados pela inflação do período. Gil Castello Branco, fundador da Associação Contas Abertas, conversa conosco sobre os dados.

🔊 Gostou desse podcast? Compartilhe com os amigos e ouça mais conteúdos!
Na parte superior da página (logo abaixo do título) clique no botão do WhatsApp ou das demais redes sociais.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Rádio Aparecida, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.