Por Elisangela Cavalheiro Em Espiritualidade

Olimpíadas da Fé: como se livrar do ‘sedentarismo espiritual’

Se a saúde do corpo é fundamental para que o ser humano possa viver com qualidade o que pensar da saúde do espírito?

A fé para o espírito é semelhante ao exercício para o corpo. O cristão que não cultiva a sua união com Deus corre o risco de adoecer o seu espírito e sofrer com muitas doenças espirituais.

Para combater o ‘sedentarismo espiritual’ encontramos na Palavra de Deus algumas atitudes que podem ajudar a fortalecer a sua fé.

Olimpíadas da Fé

exercitar

 

24Surgiu também entre eles uma discussão sobre qual deles devia ser considerado o maior.25Jesus lhes disse: “Os reis das nações as dominam, e os que exercem autoridade sobre elas fazem-se chamar benfeitores. 26Mas entre vós não deve ser assim; ao contrário, o maior entre vós se torne como o menor, e aquele que comanda, como aquele que serve”. (Lucas 22, 24-26)

No exercício da fé é preciso despojar-se dos bens e da ambição do poder. Não se alcança um bom condicionamento espiritual buscando a riqueza, a vaidade e o orgulho. Quem quiser seguir Jesus precisa servir aos demais. Por isso, se Deus nos oferece a oportunidade de ser o primeiro, devemos agir como o último, isto é, servindo. Exercite o desapego e a humildade!

praticar

16“Assim deve brilhar vossa luz diante dos outros, para que vejam vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus”.  (Mateus 5, 16)

A prática da caridade é uma premissa cristã e uma das virtudes teologais. Promover o bem edifica o espírito e nos faz instrumentos de salvação para o próximo. Comece já a praticar boas obras!

regra

12“Portanto, fazei aos outros tudo aquilo que quereis que eles vos façam”. (Mateus 7, 12)

Jesus deixou essa ‘regra de ouro da vida’ para que compreendamos que precisamos viver na dimensão da abertura e da acolhida ao outro. É preciso julgar as nossas ações para saber se estamos em sintonia com o ensinamento de Jesus. Para viver uma vida santa e justa essa disposição é fundamental. Da mesma forma, tudo o que esperamos do outro também precisamos refletir se estamos vivendo. Treine mais a sua disposição para com o outro!

ouvir

15“Enfim, a que cai em terra boa são os que, tendo ouvido a Palavra com coração nobre e generoso, guardam a Palavra e produzem fruto por sua constância”. (Lucas 8, 15)

Nesse trecho do Evangelho Jesus conta a parábola do semeador, que distribui sementes entre as pedras, algumas pelo caminho e entre os espinhos e outras em terra boa. O desejo de Deus, para o homem e a mulher, é que eles ouçam e entendam a Palavra de Deus, isto é, que tenham um coração como uma terra fértil. A parábola faz um convite para não ser superficial em relação à fé e a tomar consciência de que ouvindo e acolhendo a Palavra colherá muitos frutos. Condicione os seus ouvidos para prestar atenção à Palavra de Deus!

atletas

Por fim, mas não esgotando a Palavra de Deus que tem muitos ensinamentos, uma mensagem do segundo livro de Timóteo que fala para todos os ‘atletas’ da Palavra que buscam os ganhos mais altos alcançados por meio da fé.

7Combati o bom combate, terminei minha corrida, guardei a fé. 8Agora só me resta a coroa da justiça que o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que aguardam com amor sua manifestação. (2 Timóteo 4, 7-8)

Quer melhorar ainda mais o condicionamento de sua fé?

Conheça os exercícios espirituais de Santo Inácio de Loyola. Esse santo que viveu no século 16 criou diversos métodos baseados na oração e contemplação, para que os cristãos possam atingir o discernimento espiritual, ou seja, saber distinguir entre as ações ou moções de Deus e as fraquezas humanas. Na Igreja são diversas publicações que tratam sobre esses métodos. 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Elisangela Cavalheiro, em Espiritualidade

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.