mosteiro-sao-joao-gualberto (Arquivo Pessoal)
Igreja

4 mosteiros beneditinos em São Paulo

joao-baptista (Arquivo Pessoal)

Escrito por Dom João Baptista Barbosa Neto, OSB

25 FEV 2021 - 08H45 (Atualizada em 25 FEV 2021 - 09H38)

A maior cidade brasileira, pulsante, movimentada e também barulhenta, mantém em todas as suas regiões mosteiros de monges e monjas. O Mosteiro de São Bento, no Centro é o primeiro mosteiro beneditino da cidade, fundado ainda no século 16, em 1598, mas não é o único. Os outros mosteiros beneditinos em São Paulo foram todos fundados ao longo do século 20. Há também na metrópole, conventos e casas religiosas de outras congregações beneditinas de vida ativa os quais mantém escolas, colégios, asilos e outras instituições com atividades diversas.

É difícil acreditar que uma cidade enorme como São Paulo, com suas características, mantenha diversos mosteiros de monges e monjas, que, como se deve imaginar, precisam do silêncio. Apesar de ser a maior e mais populosa cidade do Brasil, é possível viver a vida monástica, estilo de vida tão necessário e muito antigo da tradição cristã. É realmente uma comprovação de que Deus habita esta cidade, como costuma anunciar o Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, Arcebispo metropolitano de São Paulo.

Vejamos quais são os mosteiros beneditinos em São Paulo:

Abadia São Geraldo – Morumbi (Zona Sul)

Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal


Talvez a mais conhecida comunidade monástica desta nossa lista seja a da Abadia São Geraldo, no Morumbi, Zona Sul. Os monges que constituem esta comunidade fazem parte da congregação húngara. Os primeiros religiosos chegaram ao Brasil na década de 1930 e deram assistência espiritual aos imigrantes pátrios, vindos da Hungria.

Ano após ano, a comunidade foi se desenvolvendo, assim como também o trabalho que exerciam. Mudou de lugar algumas vezes. Anteriormente se estabeleceram na região de Santa Cecília, já nos anos 1950, quando fundou o Colégio Santo Américo. Apenas em 1963 os religiosos se estabeleceram no Morumbi, onde permanecem.

A construção é moderna. A paróquia dedicada a São Bento possui um rico painel, obra do saudoso artista sacro Claudio Pastro.

O mosteiro foi elevado à condição de abadia em 1989 e, em 1992, fundou outro mosteiro em Itapecerica da Serra, região metropolitana, denominado Cela São José.

Endereço: Rua Santo Américo, 357 - Morumbi, São Paulo – SP.
Contato: (11) 4084-1979


Mosteiro São João Gualberto – Pirituba (Zona Oeste)

Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal


Em Pirituba, Zona Oeste, encontra-se erigido o Mosteiro São João Gualberto, fundado por monges beneditinos advindos da Itália. Na região os monges estão presentes desde 1959, embora tenham se fixado canonicamente apenas em 1967. Estes monges fazem parte da congregação beneditina valombrosana, criada ainda na Idade Média por São João Gualberto, patrono do mosteiro.

Os monges mantêm atividades pastorais a partir da paróquia anexa, dedicada a Nossa Senhora da Assunção, assim como também educacional com o Colégio São João Gualberto, que tem crescido a cada ano, resultado do esforço incansável dos monges. É importante lembrar ainda que os monges beneditinos valombrosanos possuem outro mosteiro em Jundiaí, sob o patrocínio de Nossa Senhora do Montenegro.

Leia MaisSão Bento e a história do salvamento de São Plácido Endereço: Rua Dr. Argemiro Couto de Barros, 220, Pirituba - São Paulo – SP.
Contato: (11) 3831-9388


Mosteiro de Nossa Senhora da Esperança – Vila Esperança (Zona Leste)


Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal


Ainda na cidade de São Paulo, mas na região da Diocese de São Miguel Paulista, Zona Leste, desde 1936 existe o Mosteiro de Nossa Senhora da Esperança, mantido pelos monges Olivetanos, congregação beneditina fundada na Itália em fins da Idade Média por São Bernardo Tolomei.

O mosteiro mantém também um colégio atendendo as crianças do bairro. A paróquia comemora 90 anos de existência, uma magnífica igreja em estilo florentino, com imponente torre no alto da colina.

Endereço: Av. Padres Olivetanos, 601, Vila Esperança, próximo a Estação Vila Matilde do Metrô, São Paulo – SP.
Contato: (11) 3459-9329


Abadia de Santa Maria – Jardim Tremembé (Zona Norte)

Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal


Este é o único mosteiro feminino de nossa lista. Sua história tem início em 1907, quando Ana Abiah da Silva Prado, de distinta família paulistana, sob a orientação de Dom Miguel Kruse, então abade do Mosteiro de São Bento de São Paulo, foi encaminhada para a Inglaterra, onde ingressou na Abadia de Stanbrook, recebendo aí sólida formação monástica beneditina. Como ela, outras jovens brasileiras também ingressaram nesta abadia, tendo em vista a fundação de um mosteiro no Brasil.

Ana Abiah, a primeira monja beneditina brasileira, tornou-se Irmã Gertrudes e substituiu aquela que viria a ser a superiora da nova comunidade, uma vez que veio a falecer na viagem fundacional. Sob sua direção, o mosteiro foi fundado em 24 de novembro de 1911, com o patrocínio de Nossa Senhora, sob o título de Santa Maria, na Rua São Carlos do Pinhal, região próxima à Avenida Paulista, local onde é hoje o Hotel Maksoud Plaza.

Como este era o único mosteiro beneditino feminino no Brasil, as vocações chegaram de todo o país e a comunidade se desenvolveu rapidamente, de modo que em 1918 o mosteiro foi elevado à condição de abadia e Madre Gertrudes tornou-se a 1ª abadessa beneditina de origem brasileira.

Este mosteiro acabou por fundar diversos outros no Brasil, mas há de se dizer que sua primeira fundação foi na Argentina, em 1941. A mais recente fundação é a do mosteiro de São Bento de Palmas, Tocantins, em 2018.

Em vista de viver em ambiente mais propício à vida contemplativa, no ano de 1976 a Abadia foi transferida para a Zona Norte da cidade, diante da maravilhosa Serra da Cantareira, numa construção em estilo brutalista do arquiteto Hans Broos, com mural em relevo de Burle Marx e pinturas do artista sacro Cláudio Pastro.

Endereço: Av. Cel. Sezefredo Fagundes, 4650 - Tucuruvi, São Paulo – SP.
Contato: (11) 2265-5095

Escrito por
joao-baptista (Arquivo Pessoal)
Dom João Baptista Barbosa Neto, OSB

Dom João Baptista Barbosa Neto, OSB Monge do Mosteiro de São Bento (SP) e escreve sobre Espiritualidade e Vida Monástica.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.