Igreja

Como reconquistar cristãos em uma sociedade pluralista

Pe. Luiz Almir Gonçalves, C.Ss.R.  (Arquivo Pessoal)

Escrito por Pe. Luiz Almir Gonçalves, C.Ss.R.

10 AGO 2021 - 08H37 (Atualizada em 10 AGO 2021 - 08H58)

Arthimedes/ Shutterstock

A cultura pluralista é um fenômeno em expansão em nossa atual sociedade. A liberdade, nesta cultura, é um fator determinante. Se no passado muitas decisões eram impostas por aqueles que detinham o poder, na atual conjuntura, cada pessoa é protagonista de suas escolhas. As tradições e as religiões, cada vez mais, têm menos influência nas escolhas dos indivíduos que compõem o cenário do século XXI.

Diante desta realidade, ser ou não ser cristão é uma decisão pessoal. Ser cristão deixou de ser uma decisão imposta. Com esta liberdade, muitos batizados abandonaram a Igreja Católica por causa de atitudes inconvenientes de líderes cristãos que deveriam dar bons exemplos.

Paul shuang/ Shutterstock
Paul shuang/ Shutterstock

Como reconquistá-los? No passado, muitos cristãos foram conquistados ou reconquistados sob ameaças; atualmente, esta metodologia cruel é inviável. Segundo o Papa Francisco, “a Igreja não cresce por proselitismo, mas por atração (EG 14), ou seja, pelo testemunho de fé.

Um discurso desconectado com a realidade, ainda que esplêndido, não atrai. Também não atrai a falta de acolhida em nossas Igrejas. O Papa Francisco orienta que todas as pessoas, independentemente de suas escolhas, devem ser acolhidas e respeitadas. (AL 250).

Leia MaisComo ser missionário em tempos de pandemia?A Igreja - que somos nós – só reconquistará os afastados quando viver aquilo que anuncia e quando acolher, sem preconceitos, aqueles que adentram em nossas paróquias.

As armas para reconquistar os afastados não serão as palavras, mas as atitudes.

“Pregue sempre o Evangelho.
Se necessário, use palavras”
(S. Francisco de Assis)
Escrito por
Pe. Luiz Almir Gonçalves, C.Ss.R.  (Arquivo Pessoal)
Pe. Luiz Almir Gonçalves, C.Ss.R.

Pe. Luiz Almir Gonçalves, C.Ss.R. Trabalha nas Santas Missões Redentoristas. Fez mestrado em Teologia Pastoral da Comunicação na Pontificia Universitá Lateranense, Roma.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.

Bem vindo!


Para completar seu cadastro, por favor, verifique seu e-mail e defina sua senha.
Caso não encontre o e-mail na sua caixa de entrada, por favor, verifique na caixa de SPAM/TRASH/LIXO ELETRÔNICO.