Por Redação A12 Em Igreja Atualizada em 15 MAR 2019 - 13H15

O que dizem sobre São Longuinho?

Jaboticaba Fotos/Shutterstock
Jaboticaba Fotos/Shutterstock

Depois de achar algo que procurava e dar aqueles três pulinhos em forma de agradecimento a São Longuinho, você já parou para pensar na história do santo? E como surgiu essa tradição de pular três vezes? Separamos aqui alguns tópicos que explicam tudo isso.

- Longuinho, o nome do santo, deriva de uma expressão grega que significa “uma lança”;

- Ele viveu nos primeiros séculos;

- Acredita-se que foi ele, a mando de Pilatos, que ficou aos pés da Cruz de Cristo e atravessou-lhe a lança ao invés de quebrar as pernas do crucificado, como era de costume;

- Também é tradição, em algumas localidades, dizer que, após perfurar Cristo, uma gota de sangue caiu em seus olhos e o curou de uma iminente cegueira que o acometia;

- Ele converteu-se e abandonou o exército, refugiou-se na Capadócia, onde se tornou monge;

- Sua identidade foi descoberta e ele foi perseguido;

- Foi torturado até a morte, tendo a língua e os olhos arrancados.


E os pulinhos?

Até hoje São Longuinho recebe muitos pulinhos e também é invocado o tempo inteiro, no mundo todo. Mas certeza mesmo sobre a história dos pulinhos ninguém tem. O que mais dizem é:

- Que era um homem baixinho e que, servindo na corte de Roma, vivia nas festas e a sua baixa estatura permitia ver as coisas por baixo das mesas e que, ao encontrar objetos, devolvia aos seus donos.

- Outros dizem que a forma de agradecimento seria pelo fato de o soldado ser manco.

- Outra explicação afirma que os pulinhos remetem à Santíssima Trindade.


.:: Conheça a história de Nossa Senhora da Santa Cabeça

.:: Confira página especial sobre Padre Cícero

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Igreja

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.