Por Redação A12 Em Evangelhos Atualizada em 15 JUN 2018 - 15H45

Evangelho em Libras | 11º Domingo do Tempo Comum – Ano B


11º Domingo do Tempo Comum – Ano B


Reflexão: Padre Luiz Camilo Jr - C.Ss.R
Intérprete: Kiara Maria Socuta Quintanilha

Evangelho Deus Conosco dia a dia – Editora Santuário

(Mc 4,26-34)
Leia MaisSalmos em sua Essência | Ano B – 11º Domingo do Tempo Comum - Salmo 91Naquele tempo, Jesus disse à multidão: “o reino de Deus é como quando alguém espalha a semente na terra. Ele vai dormir e acordar, noite e dia, e a semente vai germinando e crescendo, mas ele não sabe como isso acontece. A terra, por si mesma, produz o fruto: primeiro aparecem às folhas, depois vem à espiga e, por fim, os grãos que enchem a espiga. Quando as espigas estão maduras, o homem mete logo a foice, porque o tempo da colheita chegou”.
E Jesus continuou: “com que mais poderemos comparar o reino de deus? Que parábola usaremos para representá-lo? O reino de Deus é como um grão de mostarda que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes da terra. Quando é semeado, cresce e se torna maior do que todas as hortaliças, e estende ramos tão grandes, que os pássaros do céu podem abrigar-se à sua sombra”.
Jesus anunciava a palavra usando muitas parábolas como estas, conforme eles podiam compreender. E só lhes falava por meio de parábolas, mas, quando estava sozinho com os discípulos, explicava tudo.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Reflexão
Jesus sempre usou parábolas para transmitir seus ensinamentos de forma que os simples pudessem compreender. Jesus usa de pequenas histórias com elementos que fazem parte da vida das pessoas. No Evangelho deste domingo Jesus compara o Reino de Deus a uma semente lançada na terra e a um pequeno grão de mostarda. A semente de mostarda é considerada a menor de todas as sementes, porém, depois que germina, torna-se uma grande árvore e os pássaros vem se abrigar nos seus ramos. Por isso Jesus compara o Reino de Deus a uma semente. Uma semente parece ser algo insignificante, mas ela carrega dentro de si uma força incrível capaz de se transformar numa árvore e dar muitos frutos. Assim, quando Jesus compara o Reino de Deus a uma semente, ele quer mostrar para seus discípulos e para nós que esse Reino é algo a ser semeado, construído a partir de nossas ações e de nosso compromisso. Jesus mostra também que o Reino é feito de pequenos gestos, mas esses pequenos gestos se transformam em ações grandiosas. Nossa missão é semear e cuidar, mas é Deus que faz germinar e dar frutos ao labor de nossas mãos. Assim entendemos que o Reino de Deus é feito com pequenos gestos, pequenas sementes. Temos em nossas mãos as sementes, nos cabe lança-las no chão de nossa terra, regar e cuidar para que ela cresça e produza frutos que alimente de vida e esperança o povo. 

.:: Acesse a Liturgia do dia

2 Comentários

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Evangelhos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.