Por Luciana Gianesini Em Redação A12 Atualizada em 15 JUL 2019 - 11H00

Academia Marial e o desafio de inserir a piedade popular na história da Salvação

No mês em que a Academia Marial de Aparecida completa 34 anos de existência, Eduardo Gois recebeu o diretor, Padre José Ulysses da Silva, C.S.s.R, para falar sobre a importância do trabalho desenvolvido pelo órgão, que foi fundado na época do XI Congresso Eucarístico Nacional, realizado em Aparecida no ano de 1985.

Pe. Ulysses conta que D. Geraldo Penido, então Arcebispo de Aparecida, junto ao Cônego João Machado, de Campinas/SP, propuseram-se a iniciar a Academia, motivados justamente pelo espírito daquele Congresso Eucarístico.

O sacerdote também destacou a importância da existência da Academia dentro do Santuário Nacional. "A Academia Marial faz parte da obra evangelizadora do Santuário Nacional. O Santuário é um ponto de referência quando nós falamos de evangelização na Igreja brasileira. E a pequenina imagem, que foi acolhida pelos pescadores nas margens do rio Paraíba fez com que, de alguma forma, fosse dada ao povo brasileiro uma identidade mariana, assim como no México é Guadalupe, na França é Lourdes e assim por diante", afirmou. 

Renan Ventura
Renan Ventura


Pe. Ulysses afirma que a Academia Marial se dedica a aprofundar, refletir e descobrir, cada vez mais, o que significa a história de Aparecida. E, mais do que isso, ela busca na tradição dos primeiros estudos da Igreja sobre nossa Senhora, entender como o papel e a missão de Nossa Senhora dentro da Igreja Católica, irradiando aos peregrinos uma devoção mais aprofundada para com Nossa Senhora, através das reflexões desenvolvidas.

O religioso destaca ainda que "o grande desafio é inserir a piedade e a devoção à Nossa Senhora dentro do mistério da história da Salvação que Deus vem escrevendo. Nós olhamos o protagonismo de Nossa Senhora dentro dessa história. Maria é leiga, esposa e mãe, que serve de protótipo de um bom cristão, que soube ser tão dócil aos planos de Deus que mudou seus sonhos e planos para prestar-se à missão de ser Mãe do Filho de Deus", diz ele. 

A Academia Marial tem uma estrutura muito simples, tanto administrativamente quanto estruturalmente, composta de pessoas que dão sua contribuição e participação durante todo o ano, não somente nos estudos, artigos e publicações, mas também nos eventos, como o Congresso Mariológico e as assembleias. Neste ano, por exemplo, realizamos o XIII Congresso Mariológico, com o enfoque na relação entre Maria e o Espírito Santo.

Outra atividade muito importante da Academia Marial é o Curso de Pós-graduação em Mariologia, em parceria com a Faculdade Dehoniana de Taubaté. "Nos alegra muito o fato de que a maior parte dos estudantes é formada por leigos que desejam aprofundar-se no conhecimento sobre Maria. E, mais do que aprofundar-se, também levar adiante tudo o que a Igreja já estudou e sabe sobre a espiritualidade mariana", explicou o redentorista.

Gustavo Cabral
Gustavo Cabral


"Além disso, também realizamos outros eventos, como exposições de arte sacra, que nos mostram como Nossa Senhora provoca a alma artística do nosso povo, e como Ela inspira a arte, desde o início do Cristianismo", continuou Pe. Ulysses.

Uma das artistas que faz parte da Academia Marial é Mari Bueno, artista plástica e muralista brasileira contemporânea, que reside em Sinop, no Mato Grosso, e é especialista em arte sacra, premiada no Brasil e no exterior.

Clique no vídeo abaixo e confira a entrevista que a artista concedeu ao A12.

Quem desejar conhecer a Academia Marial de Aparecida, basta vir até o Santuário Nacional e subir até o 11º andar da Torre Brasília, para conhecer o nosso acervo e todo o trabalho desenvolvido pelo órgão. 

:: Conheça a Academia Marial

:: Seja um associado da Academia Marial do Santuário Nacional

Confira a entrevista na íntegra abaixo.

⏩ Gostou da entrevista? Compartilhe com seus amigos através das redes sociais. Clique nos botões logo abaixo do título.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Luciana Gianesini, em Redação A12

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.