Por Redação A12 Em Santo Padre

A apostolicidade é marca registrada da Igreja de Cristo

Nestes dias celebramos São Pedro, apóstolo de Cristo com evidente destaque por suas numerosas intervenções, narradas pelos Evangelhos. Sua festa cai no dia 29, mas sua celebração litúrgica é colocada no domingo, como neste ano, para facilitar que todas as comunidades celebrem este importante apóstolo.

No dia 03 de julho, bem próximo a São Pedro, celebramos a festa de São Tomé, o apóstolo que mais demorou para acreditar na ressurreição de Jesus.

jesus_apostolos_2

Este apreço pelos Apóstolos não é uma deferência que a Igreja faz por sua memória.  A Igreja é “apostólica” por motivos mais profundos

A “apostolicidade” se tornou uma “marca registrada” da Igreja de Cristo, se assim podemos falar. A Igreja de Cristo, para ser verdadeira, precisa trazer esta marca. E isto tem consequências muito claras, e importantes para nossa segurança de sabermos qual é a Igreja que procede de Cristo. Desde séculos que os cristãos se deram conta desta vinculação necessária que precisa existir entre a Igreja dos Apóstolos e a Igreja que temos hoje.

 

"A Igreja verdadeira é aquela que vem dos apóstolos, que nos transmitiram o Evangelho autêntico de Cristo".

Esta garantia é dada pela fidelidade à fé que os apóstolos testemunharam. Mas é expressa também pela ordenação autêntica do Bispo que preside cada Igreja Local.

Só é bispo verdadeiro quem recebeu a ordenação que vem desde o tempo dos apóstolos. Para ordenar um bispo é preciso que ele receba a imposição das mãos de outros três bispos, que por sua vez também foram assim ordenados.

Desta maneira se garante que continua o mesmo envio feito por Cristo aos doze apóstolos. A Igreja verdadeira é aquela que vem dos apóstolos, que nos transmitiram o Evangelho autêntico de Cristo.

Daí a importância do testemunho dado pelos Atos dos Apóstolos, quando descrevem a vida dos primeiros cristãos. Eles “perseveravam na doutrina dos apóstolos”.

É a partir dos apóstolos que somos discípulos de Cristo. Junto com o bispo da diocese, seja quem for, somos a verdadeira Igreja de Cristo, una, santa, católica e apostólica.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.