Por Redação A12 Em Santo Padre

Papa expressa dor e preocupação pelo massacre em prisão de Manaus (AM)

O Papa Francisco manifestou nesta quarta-feira (04), no Vaticano, sua dor e preocupação pelo o massacre que ocorreu no último domingo (1º), em um complexo penitenciário em Manaus (AM) resultando na morte de 60 presos.

“Expresso dor e preocupação pelo ocorrido. Convido a rezar pelos mortos, pelos seus familiares, por todos os detentos daquela cadeia e pelos que trabalham ali”, disse ao final da tradicional catequese de quarta-feira.

:: Papa: “é preciso compartilhar o seu desespero; para enxugar as lágrimas do rosto de quem sofre”

:: Arcebispo de Manaus emite nota sobre as mortes de detentos

O Pontífice renovou seu apelo para que os institutos penitenciários sejam lugares de reeducação e de reinserção social. E as condições de vida dos detentos sejam dignas das pessoas humanas.

Ao final, Francisco convidou todos a rezar uma Ave-Maria para este detentos, mortos e vivos, e também todos os detentos do mundo, para que os cárceres sejam para reinserir, e não sejam superlotados.

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Santo Padre

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.