Por Redação A12 Em Obras Sociais

Oficina de espiritualidade “O pequeno príncipe”

No último dia 27 de fevereiro, teve início o ‘Projeto Semear’ no CAS Santíssimo Redentor, da cidade de Aparecida (SP). O trabalho socioeducativo será baseado na leitura e filme do livro ‘O Pequeno Príncipe’ do autor Antoine de Saint-Exupéry que cativa e emociona adultos e crianças através da sua sutileza e escrita simples.

A oficina atende adolescentes e pré-adolescentes na faixa etária de 9 a 17 anos. O principal objetivo desta oficina é trabalhar com esses jovens reflexões sobre questões existenciais; amor, espiritualidade, politica, amizade, responsabilidade, egoísmo e vaidade, além de dinâmicas e rodas de conversa.

A Espiritualidade consiste, enfim, na busca pessoal de sentido para o próprio existir e agir. É um dom gratuito que nos é oferecido, que podemos ou não aceitar e cultivar. Por isso, esta atividade ajuda o adolescente a descobrir e cultivar a Espiritualidade, sentindo-se assim, valorizado, inserido no meio, solidário, útil e participativo. Assim como a figura solitária do pequeno príncipe, que buscava conhecer novos mundos.

O Pequeno príncipe é um livro interminável; toda vez que o relemos descobrimos um livro novo, e uma revelação que mexe com a nossa vida. A história é uma fábula, ou seja, com ensinamento moral. O livro conta a história de um menino, o Pequeno Príncipe, que viajou por vários planetas e, em cada um dos planetas, se deparava com pessoas, com defeitos morais como: ambição, poder, inutilidade, etc. Até que ele chegou ao planeta terra e encontrou um aviador perdido no Deserto do Saara. Ao aviador, o pequeno príncipe passa ensinamentos como: o valor da amizade, o valor de se ter um passado e de ter boas recordações dele. O valor de gostar da vida e saber usufruir dos momentos e das coisas mais simples dela.

ECA Art. 3º

A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei, assegurando-se lhes, por lei ou por outros meios, todas as oportunidades e facilidades, a fim de lhes facultar o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade. 

Priscila Reis Velloso

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Redação A12, em Obras Sociais

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.