Por Secretariado Vocacional Redentorista Em Notícias

51ª Semana Vocacional: Maria, Mãe e modelo de seguimento

O evangelista São Lucas (Lc 1, 39-45), na narrativa do Evangelho da infância de Jesus, descreve os primórdios da vocação de Maria. A missão de se tornar Mãe do Filho de Deus é precedida por inúmeros episódios.

A cena que precede o episódio da visita de Maria a sua prima Isabel é a da anunciação do anjo Gabriel (Lc 1,26-38). Foi em meio a uma alegria indizível, que Maria partiu apressadamente para sua primeira missão apostólica. Eis aqui a narrativa de uma vocação assumida com entusiasmo e espírito de serviço. Toda vocação tem um caráter de movimento, é dinâmica por natureza, não poderia ter acontecido diferente com Maria, quando ela foi chamada por Deus, para assumir a maternidade do Emanuel, ao ouvir o chamado ela pôs-se a caminho.

O ir apressadamente é sinônimo da presteza física e psicológica de Maria, não foi por curiosidade que ela se pôs a ir à casa de Isabel, para confirmar as palavras do arcanjo mensageiro, mas foi por caridade fraterna, “Bem-aventurada aquela que acreditou, porque se cumprirá o que lhe foi dito da parte do Senhor”.




O encontro entre Maria e Isabel rompe todas as expectativas.
Mais do que um ato de cortesia ou delicadeza, a visita de Maria, é um sinal do seu carisma vocacional. Maria partiu às pressas de Nazaré, para a região montanhosa, para a cidade de Ain karem (Judeia), onde residia sua prima Isabel e seu esposo Zacarias, que era sacerdote do Templo. O arcanjo Gabriel, no momento da Anunciação, confidenciou à Maria que sua prima estava grávida. Zacarias e Isabel já tinham idade avançada para os padrões judaicos; porém, para provar o amor de Deus, Isabel concebeu um filho (João o batista) na velhice. Maria, para amparar sua prima, partiu com a finalidade de ajudá-la durante a gravidez e o pós-parto.

Em sua jornada, percorreu aproximadamente cerca de 150 quilômetros, ela partiu da Galileia, atravessou a Samaria, até chegar a Judeia. É uma viagem de mais de 80 quilômetros em linha reta. Mas, não era possível uma viagem em linha reta, não só devido o terreno, como pela necessidade de atravessar a Samaria, geralmente os samaritanos atacavam os que passavam pelo seu território, principalmente quem fosse para Jerusalém (por antigas rixas entre esses povos).

Recordemos que esse ir “às pressas” significa que ela estava ansiosa por compartilhar com sua prima a boa notícia, creio que quanto mais ela sentia vontade de contar as maravilhas que presenciara, mais ela apresava os seus passos, pois queria chegar logo. Quando lá chegou, ela entrou depressa na casa de Zacarias, e logo que avistou sua prima foi cumprimentá-la, imagino que uma atmosfera de alegria envolveu o local. Certamente, foi também ocasião de surpresa para Zacarias e Isabel, pois não sabiam da inesperada visita da prima.

Bendita entre as mulheres

As Escrituras nos narram que: “quando Isabel ouviu a saudações de Maria, a criança saltou de alegria em seu ventre. Isabel ficou repleta do Espírito Santo”, algo sobrenatural invadiu a casa de Zacarias. Com certeza, foi um momento de muita emoção, ambas estavam experimentando a Bondade e a Misericórdia de Deus. Não esqueçamos que Isabel exclamou em alta voz, para que toda a humanidade tomasse conhecimento: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!”, esta foi uma das primeiras expressões devocionais atribuídas à Maria, podemos dizer que o culto mariano tem aí um de seus fundamentos bíblicos. Isabel assim exclamou, pois, como nos diz o texto, ela estava cheia do Espírito Santo, não foi Isabel quem reconheceu Maria como bendita e sim o próprio Espírito Santificador por meio dela.

Essa exclamação e a acolhida fraterna, aumentou a alegria da jovem de Nazaré, proporcionou descanso após a longa viagem e certamente foi assunto para vários dias entre as primas, que puderam trocar suas experiências. A alegria vocacional de Maria era tamanha, por ver cumprido o sinal predito pelo anjo, que então ela entoou seu cântico de louvor: O Magnificat! Dotada de espírito servidor, Maria permaneceu na casa de Zacarias por 3 meses, até que Isabel deu à luz a seu filho João, pois vocação é também alteridade, comprometer-se com o outro e suas necessidades.

Maria é para toda a Igreja arquétipo vocacional, imagem de uma Igreja servidora, que se compromete com o outro, que vai ao encontro do outro, que se põe a serviço. Todo vocacionado deve fazer como Maria, correr apressadamente em direção a missão à qual é chamado, deve correr sem olhar para trás, deve mirar a meta e segui-la confiante! Pois se Deus chama, Ele dá condições para que a vocação se cumpra. Assim foi com Maria, com todos os que a precederam no Antigo Testamento, assim o é com você e comigo, vocacionados do Pai.

O discipulado de Maria foi mais causa de alegria do que a maternidade, ela foi mais feliz como discípula do que como mãe, como discípula ela pode aprender de seu Jesus. Gosto de imaginar que a vida de Maria foi rodeada de serviço em favor do próximo, onde Jesus passava curando, em seguida passava Maria perguntando se aquele pobre coitado precisava de algo. Essa ideia fica acenada nas bodas de Caná, quando ela se compadeceu dos noivos.

Vocação é confiança

Maria confiou que ao pedir a Jesus ele resolveria o problema da falta de vinho. O Evangelho da visitação é com certeza uma das mais belas páginas das Escrituras, essa narrativa é um estímulo para todo vocacionado, que olhando o bom exemplo de Maria, vê que é preciso ir ao encontro dos que mais necessitam e assim cumprir a dimensão missionária da vocação. Quando Maria adentrou a casa de Isabel, a esperança adentrou junto, assim hoje, quando ela adentra o coração de um vocacionado, a esperança de Deus transforma uma vida.

Para refletir:

1. Como compreender minha vocação à luz do Evangelho da visitação de Maria?

2. Quais passos vocacionais Maria me ensina a seguir?

3. Toda vocação é movimento, é dinâmica. O que minha vocação tem me inspirado?

Ir. André Luiz da Silva Oliveira,
Missionário Redentorista.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por Secretariado Vocacional Redentorista, em Notícias

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.