Por TV Aparecida Em Santa Receita Atualizada em 07 MAI 2018 - 10H07

A história de amor de Adail e Bonifácio: reencontro após 48 anos

TV Aparecida
TV Aparecida

  1. A vida das pessoas dá muitas voltas. O que Deus escreve por linhas tortas sempre irá nos surpreender. Dona Adail de Souza Lima, de 62 anos, e seu Bonifácio Gonçalves de Faria, de 86, são ótimos exemplos disso.

  2. Os dois se conheceram há muitos anos, em Cruzeiro do Oeste, no Paraná. Ela tinha apenas 14 anos e se apaixonou perdidamente pelo seu Boni. Na época ele tinha 39 anos e a família de dona Adail foi completamente contra o relacionamento. Ele acabou mudando de cidade e eles não se viram mais.

  3. A vida seguiu e, embora nenhum tenha esquecido o outro, cada um tocou sua vida. Dona Adail se casou e teve três filhos e seu Bonifácio também se casou e teve um filho.Com a morte do marido, ela acabou indo morar com a irmã e depois foi para um lar de idosos em Itapetininga, São Paulo, onde mora há dez anos. Seu Bonifácio também ficou viúvo e foi levado para o mesmo lar por um sobrinho há dois anos.

No local, eles finalmente se reencontraram após 48 anos e não perderam tempo. Relembraram do amor que tiveram um pelo outro e que não puderam viver plenamente e começaram a namorar imediatamente. Após seis meses eles contaram aos funcionários que queriam oficializar a união e todos começaram a se mobilizar para ajudar a planejar. Os dois se casaram e no dia especial teve carro conversível e cabeleireiro! 

A repórter Abiane Souza, foi até Itapetininga/SP, saber mais sobre essa história e mostrar pra gente como foi este encontro. Confira!


Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Anterior
Próximo
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por TV Aparecida, em Santa Receita

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.